11/04/2014 13h00 – Atualizado em 11/04/2014 13h00

Desde a quinta-feira (10) à noite o espaço que vai ser palco da abertura do Campeonato Brasileiro de Motocross, em Três Lagoas, vem recebendo as equipes que disputarão a corrida neste fim de semana

Léo Lima

A estrutura do Arena Mix já está armada e o “Circo do Motocross” montado para um evento que já se transformou na maior atividade desportiva da cidade: o Campeonato Brasileiro de Motocross, que este ano acontece pela primeira vez em Três Lagoas, nos dias 12 e 13 próximos.

Até o momento equipes dos mais de 180 pilotos se instalaram no espaço totalmente asfaltado e com estrutura completa (energia elétrica, abastecimento de água, banheiros com chuveiros, restaurante, etc). Entre os pilotos, 26 deles são estrangeiros e 11 de oito cidades de Mato Grosso do Sul (Campo Grande, Maracaju, Nova Alvorada do Sul, Cassilândia, Rio Verde, Três Lagoas, Costa Rica e Ponta Porã).

Dentre eles o piloto inglês Adam Chatfield, que foi o campeão brasileiro de 2013 na principal categoria, a MX1 (motos até 450cc, pilotos de 17 a 55 anos). A expectativa também está grande com a participação do suíço Julien Bill, que vai estrear no Brasileiro este ano. O piloto promete também bons resultados, já que conquistou o título mundial MX3, em 2011.

Três pilotos paraguaios também confirmaram a participação. Eles correrão como pilotos convidados, ou seja, concorrem a premiação e troféu, mas não pontuam no Brasileiro.

CORRIDA

Na abertura em Três Lagoas estarão em disputa seis categorias: MX1 (motos até 450cc, pilotos de 17 a 55 anos), MX2 (motos até 250cc, pilotos de 14 a 23 anos), MX3 (motos até 450cc, pilotos homens com idade a partir de 35 anos e mulheres a partir de 17 anos), Junior (motos até 150cc, pilotos homens de 11 a 15 anos e mulheres até 17 anos), 65cc (motos até 65cc, pilotos de 7 a 12 anos) e 50cc (motos até 50cc, pilotos de 05 a 09 anos).

O Campeonato Brasileiro de Motocross é organizado pela CBM e realizado pela FEMEMS (Federação de Motociclismo do Estado de Mato Grosso do Sul) e promoção de Antônio Carlos e Ricardo Ojeda. A competição tem o patrocínio da Honda, Yamaha, Rinaldi, Peternongo, Levorin, Petrobras, Lubrax e IMS. A etapa conta com o apoio: Prefeitura de Três Lagoas, Câmara Municipal de Três Lagoas, Perfil News e Rotary International.

Ônibus, caminhões, vans e outros veículos foram estacionados no espaço para abrigar as equipes (Foto: Perfil News)

Comentários