25/08/2014 09h22 – Atualizado em 25/08/2014 09h22

Bruna Rodrigues da Silva, 18 anos, foi atingida no braço, pescoço e peito

Da Redação

A babá Bruna Rodrigues da Silva, 18 anos, foi assassinada a facadas por volta das 23h40min deste sábado (23). O crime ocorreu na Chácara Trevo, que fica na Rua Seis, na cidade de Dourados.

Consta no boletim de ocorrência registrado sobre o caso, que o pai da vítima relatou que Bruna estava acompanhada de duas crianças, de 8 e 5 anos, das quais toma conta, quando foi abordada por um casal que ocupavam uma moto.

A dupla desceu do veículo, sendo que a mulher, identificada inicialmente como Carolaine, segurou a vítima pelos cabelos, enquanto o homem passou a esfaquear Bruna.

Ao presenciar a cena, as crianças gritaram, chamando a atenção do pai da jovem, que acionou equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), porém, a vítima morreu no local. Bruna foi atingida no braço, pescoço e peito. Já os autores fugiram em direção a uma rodovia.

Testemunhas relataram para a polícia que Carolaine costumava frequentar a casa de Bruna e que, aparentemente, não havia desavença entre as duas.

A Polícia Militar de Dourados apreendeu uma adolescente de 17 anos acusada de ser a autora do assassinato de Bruna Rodrigues da Silva, 18, morta com seis facadas na noite de ontem na rua 6, na Chácara Trevo.

Por meio de denúncias policiais chegaram até a casa da adolescente, localizada na rua Projetada 1, na sitioca Síria Rasslem. No local, os policiais apreenderam a faca utilizada no crime e também uma moto Biz. Além da menor ser apreendida, o padrasto dela, identificado como José Augusto Mendes da Conceição, 31, foi preso acusado de participação no crime. Os dois, que não tinham passagens pela polícia, foram levados para a delegacia do 1º Distrito Policial onde foram autuados por homicídio.

Conforme a polícia, a menor confirmou ter matado Bruna, e disse que cometeu o crime porque mantinha uma rivalidade antiga com a jovem, desde os tempos de escola. Ela teria dito em depoimento que convenceu o padrasto a levá-la até a casa da vítima, e depois aguardar Bruna passar pela rua.

Ainda conforme a polícia a adolescente disse que o padrasto segurou Bruna para que ela pudesse atingir a rival com as seis facadas.

(*)Com informação de Correio do Estado e Dourados News

Samu foi acionado, mas Bruna morreu no local do crime
(Foto: Osvaldo Duarte)

Menor de 17 anos disse que cometeu crime por causa de rivalidade que tinha com a vítima (Fotos: Osvaldo Duarte)

Comentários