10/11/2006 16h16 – Atualizado em 10/11/2006 16h16

TV Morena

O Papa Bento XVI antecipou a chegada ao Brasil de 13 para 9 de maio de 2007 para ter tempo de participar de eventos em São Paulo. Pela nova agenda, o pontífice vai inaugurar a reunião dos bispos latino-americanos no último dia de sua visita e não mais no primeiro, como previsto. Bento XVI chegará a São Paulo na tarde de 9 de maio, para uma programação de cinco dias que culminará no dia 13, com a abertura da 5ª Conferência do Episcopado da América Latina e do Caribe, em Aparecida (a 167 km de São Paulo). O Conselho Permanente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) fez mudanças em seu calendário para acomodar a visita do papa. Foi adiada para a primeira semana de maio a 45ª Assembléia Geral do episcopado, marcada antes para a segunda quinzena de abril, no convento de Itaici, em Indaiatuba (SP). O objetivo é facilitar a participação dos 400 bispos brasileiros nos atos da visita do papa ao Brasil. “Estamos trabalhando com essas datas, mas a definição do programa dependerá da aprovação do Vaticano”, informou ao “Jornal da Tarde” o secretário-geral da CNBB, dom Odilo Scherer, depois de receber de Roma a confirmação de que Bento XVI concordou em ter um encontro reservado com os bispos brasileiros. Os bispos brasileiros se encontrarão com o papa em São Paulo que, como adiantou o G1 em outubro, será a única cidade incluída no roteiro, além de Aparecida. “São Paulo marcará o momento da visita de Bento XVI ao Brasil, ficando Aparecida para sua participação na 5ª Conferência do Episcopado da América Latina e do Caribe”, disse dom Odilo. A programação do papa em cada cidade ainda está sendo estudados. A Conferência de Aparecida, que se encerrará no dia 31 de maio, terá cerca de 700 participantes, entre bispos e assessores. Eles se reunirão no auditório do Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida, no subsolo da basílica, em sessões fechadas, para debater o tema “Discípulos e missionários de Jesus Cristo, para que nele nossos povos tenham vida”. As quatro primeiras conferências se realizaram no Rio de Janeiro (1955), em Medellín, Colômbia (1968), em Puebla, no México (1979) e em Santo Domingo, na República Dominicana (1992). O arcebispo de Aparecida, dom Raymundo Damasceno Assis, responsável pela logística, juntamente com a direção do Conselho Episcopal Latino-Americano (Celam), reservou cinco hotéis com 339 apartamentos para os participantes da conferência. Se pernoitar na cidade, Bento XVI terá à sua disposição acomodações especiais no Seminário Arquidiocesano Bom Jesus, o Colegião, que em 1980 hospedou o Papa João Paulo II.

Comentários