Saúde alerta a população sobre os sintomas, transmissão e prevenção contra a doença

O município de Brasilândia registrou, apenas no mês de abril, duas mortes por tuberculose. A doença que é infecciosa e transmissível, afeta prioritariamente os pulmões.

A doença é grave, mas pode ser prevenida logo cedo. A vacina BCG é oferecida gratuitamente no Sistema Único de Saúde (SUS) e deve ser dada às crianças ao nascer, ou, no máximo, até antes de completar cinco anos.

A vacina BCG protege a criança das formas mais graves da doença, como a tuberculose miliar e a meníngea e está disponível nas salas de vacinação das unidades básicas de saúde e maternidades.

Sintomas

Os principais sintomas da tuberculose são tosse persistente por três semanas ou mais, com ou sem secreção, que pode ser até sanguinolenta; cansaço excessivo; falta de ar; febre baixa, mais comum no final da tarde; suor noturno; falta de apetite; perda de peso e rouquidão.

Quando uma pessoa com tuberculose pulmonar tosse, fala ou espirra, ela expele gotículas contaminadas com o bacilo. A pessoa que estiver próxima, ao respirar, pode inspirar o bacilo para o seu pulmão. Quando isso ocorre, dizemos que o bacilo foi transmitido de uma pessoa para outra.

O contato direto e permanente com o paciente em ambiente fechado, com pouca ventilação e ausência de luz solar, na qual representa maior chance de infecção. Vale lembrar que não se pega tuberculose bebendo no copo ou utilizando o mesmo talher do paciente, desde que bem lavados.

Pessoas com as defesas naturais comprometidas, como os diabéticos e os infectados pelo vírus da AIDS, têm uma possibilidade maior de contaminação, por isso, devem estar mais atentas aos sintomas da tuberculose.

As precárias condições de vida, a desnutrição, o enfraquecimento por desgaste físico, o alcoolismo e o câncer também favorecem o desenvolvimento da tuberculose.

Outra maneira de prevenir a doença é a avaliação de contatos de pessoas com tuberculose, que permite identificar a Infecção Latente pelo Mycobacterium tuberculosis, o que possibilita prevenir o desenvolvimento de tuberculose ativa.

A tuberculose tem cura se o tratamento for feito até o final. Procure uma unidade de saúde. Acolha a pessoa com tuberculose. Apoiar e incentivar o tratamento até o final é importante para obter a cura da doença.

Além disso, outra medida de prevenção da doença é manter ambientes bem ventilados e com entrada da luz solar.

Comentários