13/11/2018 13h24

A empresa Microlins, na data de 6 de novembro, por meio de seu departamento financeiro, solicitou o uso das instalações para a realização de palestra motivacional sobre a importância de capacitação para o mercado de trabalho, o que não foi aprovado pela diretoria geral da Câmara, por se caracterizar como evento com caráter comercial e com fins lucrativos

Redação

A Câmara Municipal de Três Lagoas informa a comunidade três-lagoense que indeferiu o uso de suas instalações, na noite desta terça-feira, dia 13 de novembro, para uso das empresas Microlins e Cebraed, devido ao mesmo ser contrário ao Regimento Interno da Casa.

A empresa Microlins, na data de 6 de novembro, por meio de seu departamento financeiro, solicitou o uso das instalações para a realização de palestra motivacional sobre a importância de capacitação para o mercado de trabalho, o que não foi aprovado pela diretoria geral da Câmara, por se caracterizar como evento com caráter comercial e com fins lucrativos.

No entanto, a Câmara recebeu telefonemas e tomou conhecimento de que outra instituição, no caso o Cebraed, estava divulgando a realização de cadastramento e matrículas para algum tipo de curso nas suas dependências, sem que tal instituição tivesse requerido os espaços para este tipo de atividade, que é vedada pelo Regimento Interno, no caso de empresas de cunho privado.

A pessoa responsável pela solicitação do espaço, da empresa Microlins, foi contatada e informada de que o evento com este aspecto não poderá ser realizado na Câmara, sob pena de ferir o Regimento Interno.

Desta forma, a Câmara Municipal reitera que não haverá o uso de suas instalações para matrícula, cadastramento, palestra ou qualquer outro motivo, promovidos pelas empresas acima citadas, e não se responsabiliza por possíveis danos que a cancelamento possa causar às pessoas que foram cadastradas ou que receberam algum tipo de comunicação, via redes sociais, sobre o tal evento. A Câmara tão pouco se responsabiliza sobre possível remanejamento ou remarcação do evento para outro local, data e hora, sendo isso de inteira responsabilidade dos promotores.

Destaca-se ainda que a Câmara tem cedido seus espaços a inúmeras instituições sociais e públicas, sem fins lucrativos, e continuará sua política de proximidade e parceria com a sociedade civil organizada, as quais têm seguido a legislação pertinente.

(*) Assessoria de Comunicação

Comentários