21/03/2016 11h29 – Atualizado em 21/03/2016 11h29

O acidente aconteceu na noite de sábado (23) e foi causado por um andarilho que invadiu a pista e fez com que o pastor, ao tentar desviar, batesse o carro em uma elevação da pista, o que fez com que eles capotassem várias vezes até cair em uma vala. As vítimas foram socorridas por populares, mais de 3 horas após o acidente

Ricardo Ojeda e Daniela Silis

A ação de caminhoneiros que transportavam madeira para as empresas Fibria e Eldorado Brasil foi indispensável para o resgate das vítimas que estavam no veículo Jipe Actyon. O veículo era dirigido pelo pastor da igreja Peniel, Marcos Rogério Martins Araújo, de 57 anos, que faleceu no local do acidente, que ocorreu por volta das 23h de sábado (19), nas proximidades do KM 85.

De acordo com informações, os caminhoneiros, ao avistarem o carro que havia caído em uma vala atravessaram uma carreta na pista e impediram a passagem de demais veículos, podendo assim solicitar ajuda para tirar o veículo da valeta e retirar as vítimas.

AJUDA DOS CAMINHONEIROS

O carro só foi avistado após mais de três horas do acidente, quando carreteiros que passavam pelo local pararam para dar assistência. Devido o local que carro parou, ficou escondido pela vegetação. Quando os carreteiros viram as vítimas constataram o óbito do pastor Marcos e uma fratura exposta na perna da mulher do pastor Matheus Dantas

Equipes da Polícia Rodoviária Federal chegou ao local 2h após a retirada das vítimas do veículo, momento que ambulância já estava fazendo o transporte dos passageiros para o hospital de Água Clara. No momento da remoção das vítimas de dentro do veículo, foi dito para a mulher do pastor Marcos que ele estaria desacordado, porém, de acordo com informações ele já estava morto, provavelmente em decorrência de uma forte pancada na cabeça.

Além do pastor Marcos Rogério estava no veículo a sua esposa, Élida Martins, que ainda está internada fora de risco, o pastor Matheus Dantas, que já foi liberado, e a esposa dele, Caroline Matheus da Silva Dantas, que sofreu fratura exposta em uma das pernas e aguarda por uma cirurgia.

VELÓRIO

O pastor Marcos Rogério será velado na igreja Peniel, em Três Lagoas, na quarta-feira a partir das 10h e se estenderá até as 16h, quando sairá para o enterro. O corpo está sendo conservado para a espera da chegada dos dois filhos, de 23 e 27 anos, que moram no exterior. Um reside na Irlanda e outro na Austrália. Também será aguardada a vinda de pastores de todo o Brasil e exterior.

HOMENAGENS

Na noite de ontem foi feito um culto na igreja Peniel, onde estavam presentes quase duas mil pessoas, que foram prestar homenagens ao pastor. Segundo o pastor auxiliar Nilson Silva Oliveira, os fiéis estão em estado de choque, pois o acidente pegou todo mundo de surpresa.

“Ele era uma pessoa muito querida pela sociedade e pela igreja. Ele já trabalhou com muitas vidas, não na questão da igreja, mas também na recuperação de dependentes químicos. Ele foi muito influente na sociedade”, afirmou o pastor auxiliar.

Hoje à noite (21) haverá mais um culto onde o pastor presidente do ministério, que, segundo Nilson é o chefe maior da igreja Peniel, está vindo de Belo Horizonte/MG para trazer uma palavra aos fiéis três-lagoenses.

ACIDENTE

O acidente aconteceu na noite de sábado (19), por volta das 23 horas, quando o pastor, junto aos demais ocupantes do veículo, voltavam de uma reunião em Campo Grande. O pastor Marcos Rogério, que dirigia o veículo, e nas proximidades do KM 85, ao desviar de um andarilho que invadiu a pista bruscamente, passou sobre uma elevação da pista, perdeu o controle fazendo que o carro capotasse várias vezes até cair em uma vala.

Devido ao local de pouca visibilidade em que o veículo capotado se encontrava, as vítimas só puderam ser resgatadas e levadas ao hospital de Água Clara. O pastor faleceu no local.

TRABALHO ASSISTENCIAL

O pastor Marcos Rogério desenvolveu um trabalho assistencial a dependentes químicos do município, o Desafio Jovem Peniel que é uma entidade filantrópica, sem fins lucrativos, cujo objetivo é prestar atendimento a pessoas que estejam passando por um processo de exclusão social decorrente do consumo de álcool ou de outras drogas de forma dependente ou reincidente e, principalmente, atendê-las no âmbito espiritual, psíquico emocional e físico, a fim de que, ao final do tratamento, elas estejam aptas para o convívio familiar e social.

Atualmente estão envolvidas mais de 100 pessoas no projeto em Três Lagoas, entre os obreiros que trabalhavam com ele, os pastores auxiliares e os alunos internos. O trabalho já acontece a 21 anos, quando o pastor foi transferido para o município de Três Lagoas, onde começou a sua vida sacerdotal.

HISTÓRIA

Marcos Rogério Martins Araújo é natural de Dom Cavati, estado de Minas Gerais. Seu sonho era ser piloto de jatos, alistando na Força Aérea Brasileira. Entretanto, durante ao ouvir uma pregação religiosa em uma praça da capital mineira, viu que sua vocação era a religiosa. Desde então, ele passou a frequentar a igreja Peniel em Belo Horizonte/MG e em dezembro de 1983 formou-se em Teologia na Escola Superior de Teologia e Missões.

Sua história religiosa iniciou-se na capital mineira, sempre atuando na recuperação de dependentes por meio do Desafio Jovem Peniel.

Após uma passagem também pela capital de São Paulo, o pastor Marcos Rogério foi transferido para Três Lagoas, onde iniciou a vida sacerdotal em 21 de novembro de 1987, ao lado da esposa, a pedagoga Élida Tânia da Silva Martins, com quem tem os filhos Avner Martins Araújo e Marcos Rogério Martins Araújo Júnior.

O pastor Marcos Rogério estava trabalhando em Três Lagoas há 21 anos, período em que o Desafio Jovem Peniel ganhou projeção. Inicialmente, a casa de recuperação funcionava no Solar das Gaivotas e, posteriormente, passou a contar com o centro de triagem na Vila Alegre e a casa de internação no Sítio Lar da Paz, na região do Campo Triste. Interessante lembrar que, por alguns anos, a recuperação sofreu com preconceitos, por envolver dependentes de drogas e, muitas vezes, jovens praticantes de crimes. Mas as barreiras têm sido quebradas.

Desde a chegada do pastor até hoje, avalia-se que mais de cinco mil pessoas foram atendidas, com internação e tratamento para libertação do uso de drogas e álcool. Além dos jovens e senhores que chegam à instituição por meio de suas famílias, vindos de toda a região, também há encaminhamentos pela Justiça.

Devido à sua atuação dedicada a recuperação de jovens, entre outras ações sociais, em junho de 2009 a Câmara Municipal de Três Lagoas concedeu a ele o “Título de Cidadão Três-Lagoense”.

O veículo que estavam o pastor Marcos Rogério e mais três ocupantes sendo retirado pelo guinho na manhã de ontem, domingo, 20 (Foto: Divulgação/Perfil News)

Após desviar do andarilho o condutor perdeu o controle do veiculo que capotou várias vezes ficando completamente destruído (Foto: Divulgação/Perfil News)

DE acordo com informações de testemunhas, um dos motivos que podem ter levado o condutor a vir preder o controle do veiculo foi esse desnível do asfalto, provavelmente provocado por carretas com excesso de carga (Foto: Divulgação/Perfil News)

Ao capotar várias vezes, o veiculo caiu em uma valeta ficando escondido pela vegetação e os ocupantes só foram retirados do local após mais de 3 horas de espera (Foto: Divulgação/Perfil News)

De acordo com informações de amigos, a Polícia Rodoviária Federal chegou no local do acidente algumas horas depois do ocorrido (Foto: Divulgação/Perfil News)

Populares que socorreram as vítimas disseram que devido as circunstâncias do acidente foi um milagre os ocupantes conseguirem sobreviver (Foto: Divulgação/Perfil News)

O pastor Marcos Rogério deixa, além da esposa dois filhos; um de 23 e outro de 26 anos que moram no exterior e devem chegar na manhã de quarta-feira para se despedir do pai (Foto: Divulgação)

Comentários