26/04/2013 07h36 – Atualizado em 26/04/2013 07h36

Prorrogação do prazo foi adotada pelo governo pelo fato da meta estabelecida não ter sido atingida

Segundo dados em Três Lagoas das 16.421 pessoas previstas para serem imunizadas contra a gripe apenas 5.590 haviam sido vacinadas

Ricardo Mendes

Foi prorrogada até o dia 10 de maio a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe em todo o Brasil.

Devem se vacinar idosos com mais de 60 anos, crianças de seis meses a dois anos, indígenas, gestantes, mulheres no período de até 45 dias após o parto (em puerpério), pessoas privadas de liberdade, profissionais de saúde, além das pessoas que têm doenças crônicas do pulmão, coração, fígado, rim, diabetes, imunossupressão e transplantados. A meta da campanha, que começou dia 15 de abril, é vacinar 80% desse público-alvo.

“A prorrogação do prazo da Campanha de Vacinação, pelo Ministério da Saúde, é oportuna para que mais pessoas se conscientizem da necessidade de se imunizar contra a gripe e Três Lagoas atinja a meta prevista”, comentou a secretária de Saúde de Três Lagoas, Eliane Brilhante.

Até o final da tarde desta quarta-feira (24), das 16.421 pessoas previstas para serem imunizadas contra a gripe, apenas 5.590 vacinas haviam sido aplicadas. O número até agora atingido corresponde somente a 34,04% da meta estabelecida pelo Ministério da Saúde para o Município, como lembrou Brilhante.

Em Três Lagoas, a vacina contra a gripe estará disponível à população nas Unidades de Saúde dos Bairros e também no Setor de Imunização, no Centro de Especialidades Médicas (CEM), no horário de atendimento, ou seja, das 7h às 11h e das 13h às 17h.

REGIÕES

A região Sul conseguiu a maior adesão da população. Excluindo as doses aplicadas em doentes crônicos e pessoas privadas de liberdade, foram vacinadas quase 3 milhões de pessoas, representando 60,46% de cobertura da região Sul.

Em sequência, a região Centro-Oeste conseguiu vacinar 876.967 pessoas, ou 40,01% do público-alvo.

A região Sudeste, por sua vez, vacinou 4,9 milhões de pessoas, o que representa 35,3% do total. Na região Norte foram imunizadas mais de 919 mil pessoas, correspondente a 38,53% do total. A região Nordeste já imunizou 37,79% do público-alvo, ou seja, mais de 3,2 milhões de pessoas.

HIGIENE PESSOAL

O Ministério da Saúde ainda recomenda a adoção de medidas de higiene pessoal para evitar a contaminação por influenza. É importante higienizar as mãos com água e sabão, com frequência, principalmente depois de tossir ou espirrar; após usar o banheiro; antes de comer; antes de tocar os olhos, boca e nariz.

Também é recomendável que as pessoas evitem tocar os olhos, nariz ou boca após contato com superfícies; usar lenço de papel descartável e proteger a boca e o nariz ao tossir ou espirrar.

O secretário do Ministério da Saúde explica ainda que é aconselhável ao doente não sair de casa enquanto estiver em período de transmissão da doença (até sete dias após o início dos sintomas), para diminuir a chance de disseminação e evitar aglomerações e ambientes fechados.

Vacinação foi prorrogada pelo Ministério da Saúde até 10 de maio (Foto: Assessoria de Comunicação)

Comentários