02/03/2012 15h10 – Atualizado em 02/03/2012 15h10

‘Messi chinês’, Zizao quer jogar no meio-campo e agrada em treino

Jogador diz que pode atuar pelos dois lados na armação. Para comissão técnica, ele rendeu acima do esperado no primeiro treino com bola

Globoesporte.com

Desconhecido no Brasil, Zizao precisou revelar em sua apresentação qual a posição preferida para atuar. E ela não coloca o baixinho em uma incômoda condição no elenco. Meio-campista de velocidade, o jogador terá como concorrentes os badalados Alex, Danilo e Douglas para, talvez, ter uma chance. Apesar de poucas pessoas apostarem na utilização dele em partidas oficiais, o armador recebeu elogios nos primeiros treinos e chega da Ásia com a fama de “Messi chinês”.

– Minha posição é o meio de campo, um pouco para a direita, um pouco para a esquerda. Mas onde posso atuar depende do treinador – afirmou.

Zizao desembarcou no Brasil no último final de semana e teve pouco contato com a bola no Timão. Na quarta-feira, enquanto a equipe estava concentrada para enfrentar o Grêmio Catanduvense, o jogador realizou uma atividade técnica no CT Joaquim Grava e foi aprovado. Ele tinha de percorrer cerca de 40 metros, driblar um adversário e finalizar.

egundo membros da comissão técnica corintiana que acompanharam o trabalho, o chinês mostrou desenvoltura em conseguir transpor com facilidade a marcação. O desempenho foi considerado acima do esperado e acabou reportado ao técnico Tite, responsável por determinar como o jogador será aproveitado nos próximos meses.

O meio-campista passará por um cuidadoso processo de melhora do condicionamento físico e adaptação. Gradativamente, será levado aos treinos com bola para se entrosar com o grupo e entender a maneira de atuar. Para isso, o clube pretende marcar alguns jogos-treino com reservas e atletas das categorias de base. A participação em duelos oficiais, porém, não deve acontecer tão cedo.

Zhao Hengzhi, jornalista chinês que vive no Brasil, acredita que Zizao poderá fazer sucesso na terra dos pentacampeões, principalmente se conseguir se adaptar à nova cultura.

– Ele sabe fazer gols de longa distância e cobra faltas. A torcida da China até o chamava de “Messi chinês”, mas as diferenças são várias (risos). Messi é canhoto, ele é destro. O sucesso dele no Brasil vai depender da adaptação, aqui tudo é diferente. Depende de um pouco de sorte e do esforço dele – explicou.

Chen Zizao participa de treino e agrada à comissão
Foto: Marcos Ribolli / globoesporte.com

Comentários