Prefeito de Bataguassu não conta com a Câmara dos Vereadores, onde tem minoria, e enumera obstáculos a serem vencidos

Em entrevista concedida nesta terça-feira, 27, ao jornalista Ricardo Ojeda, o prefeito de Bataguassu, Akira Otsubo, falou sobre como tem sido governar a cidade, mesmo com “gente torcendo contra”.

Especificamente, Otsubo fala sobre a Câmara dos Vereadores, onde tem minoria – dos 11 vereadores, seis são oposição.

“Começou quando derrubaram a suplementação orçamentária de 50% para 5%. Já mostraram que eu não podia contar com a Câmara”, disse. “Nem todo mundo tem espírito público. Hoje estão trabalhando para atrapalhar. Para algumas pessoas aqui é a lei do quanto pior, melhor”.

Entretanto, Akira mostra que vai seguir fazendo seu trabalho. “Sou transparente. Estou preparado para receber críticas, mas por questões políticas. Ninguém nunca vai me ver envolvido com desvio de dinheiro público”, disse.

Dentre os muitos assuntos abordados na entrevista (que pode ser assistida na íntegra neste link), Akira falou sobre saúde, empregos, desenvolvimento, turismo, habitação e muito mais.

Saúde

Akira falou sobre o credenciamento de 11 especialidades médicas que passarão a atender no município: ortopedista, cardiologista, oftalmo, gastroenterologista, dermatologista, angiologista/vascular, urologista, dermatologista, endócrino, otorrino, nefrologista e ginecologista/obstetra.

“Era um anseio antigo da população”, disse Akira. “As cidades pequenas não costumam ter muitas especialidades, as pessoas precisam se deslocar. Mas vamos procurar ter a maioria das especialidades aqui e, o que não tivermos, vamos disponibilizar transporte para que as pessoas não fiquem sem atendimento”, comentou.

Emprego, renda e desenvolvimento

Akira também falou sobre como a prefeitura tem se preocupado em gerar emprego e renda para os cidadãos. “Estou recebendo muitos contatos de empresários querendo se instalar aqui. Principalmente de pequeno e médio porte. Ontem mesmo recebi uma correspondência de um empresário boliviano, dono de uma empresa de plásticos. Precisamos estar preparados para esses contatos”, disse.

Para se preparar para o crescimento, Akira está pensando em adquirir uma nova área para transformar em Distrito Industrial. “Todas as áreas que temos já estão doadas, precisamos ampliar”, afirmou.

Turismo

Akira falou sobre a construção da Casa do Artesão, que deve acontecer com a captação de R$ 1 milhão em emendas. “Além disso conseguimos muita argila, muita mesmo, argila para a vida toda, para fornecer para os nossos artesãos. Ainda teremos como fornecer argila aos oleiros que ainda trabalham no ramo”, afirmou.

Além disso, Akira disse que a Prefeitura pode ajudar com a aquisição de máquinas de costura e de bordado, com uma forma de aumentar a renda dos moradores.

Akira ainda falou sobre o Balneário Municipal, que está com as obras paralisadas. “Não posso recomeçar aquilo antes de um posicionamento do Tribunal de Contas. Há muitas irregularidades, desde estruturais, como as piscinas que estão rachadas, até problemas de aditivos de licitação, que já ultrapassaram os 25%. Essa situação está com o Tribunal de Contas para autorização”, afirmou.

Habitação

O prefeito de Bataguassu também comentou sobre o audacioso projeto de construção de mil casas populares até o final do mandato. “Estamos adquirindo uma área de 10 alqueires com essa finalidade. Só falta a parte burocrática. Ainda temos que levar energia elétrica, água, asfalto, toda a infraestrutura”, disse.

Confira no link a entrevista completa.

Comentários