24/06/2015 20h32 – Atualizado em 24/06/2015 20h32

“Mesmo sem nos ver, estamos em toda parte no combate ao mal’’, diz Monari sobre monitoramento instalado em Três Lagoas. Segundo ele, as ações criminosas estão com ‘’os dias contados’’; câmeras captam imagens 24 horas por dia

Lucas Gustavo e Ricardo Ojeda

A partir da próxima semana, todas as 35 câmeras de monitoramento instaladas nas principais ruas e avenidas de Três Lagoas estarão em operação. Porém, algumas delas já estão em funcionamento experimental há alguns dias. A informação é do Comandante do 2° Batalhão de Polícia Militar do município, o tenente coronel Wilson Sérgio Monari. Na tarde desta quarta-feira, ele recebeu a equipe de reportagem do Perfil News e prestou mais esclarecimentos sobre o novo sistema de segurança.

PONTOS ESTRATÉGICOS

De acordo com Monari, os pontos de instalação foram escolhidos estrategicamente. Ele acredita que o monitoramento deve reduzir satisfatoriamente a quantidade de furtos, roubos e crimes contra o patrimônio. As câmeras estão distribuídas em trechos com grande fluxo de veículos e pessoas, no centro comercial, nos pontos de entrada e saída do município e nas chamadas ‘’rotas de fuga’’, vias que dão acesso à periferia da cidade.

‘’O sistema irá impulsionar as prisões em flagrantes e as abordagens de suspeitos. Quando o policial operador desconfiar de qualquer atitude avistada na tela, imediatamente, ele acionará viaturas para o local. As imagens também estarão disponíveis à delegacia civil para auxiliar os investigadores na solução de inquéritos’’, explicou o comandante.

VEJA VÍDEO

clique no link

ÚLTIMA GERAÇÃO

A sala de monitoramento está montada no Batalhão da Polícia Militar e é interligada ao Centro de Operações que recebe as chamadas de ocorrências. O investimento na produção do complexo ultrapassou os R$ 1,5 milhão. As câmeras e todos os demais aparelhos são de última geração, e as filmagens têm alcance de até mil metros do alvo.

‘’Nosso sistema é o mais moderno de todos; ganha até mesmo da tecnologia do de Campo Grande que, com 800 mil habitantes, tem apenas 22 câmeras. Agora, a população de Três Lagoas está ainda mais vigiada e segura. Em todas as cidades em que o monitoramento foi instalado, o índice de criminalidade caiu e aqui não será diferente’’, considerou Monari.

Ainda segundo o comandante, mensalmente, o município registra uma média de 240 furtos e 30 roubos. Ele acredita que o número deve cair nos próximos meses com o apoio também dos 66 novos policiais militares que, recentemente, o Batalhão recebeu para fortalecer o efetivo.

CONFIRA MAIS IMAGENS NA GALERIA – FOTOS: LUCAS GUSTAVO

Coronel Monari disse que o sistema entrará em operação na próxima semana e cidade ficará vigiada 24 horas em tempo real (Foto: Lucas Gustavo)

O sistema de monitoramento poderá ser acompanhado via tablet e  celular (Foto: Lucas Gustavo)

Comentários