De ontem para hoje 711 novos casos foram acrescentados; 86 pessoas morreram em decorrência da doença no Estado – dez só nas últimas 24h.

Com mais 711 exames positivos para o novo coronavírus (Covid-19) nas últimas 24 horas, o número de casos confirmados da doença no Estado chega a 8.676. Foram registrados dez novos óbitos, passando para 86 mortes pela doença em Mato Grosso do Sul.

Dos 711 novos casos, 323 são da Capital, 134 de Dourados, 39 de Corumbá, 25 de Rio Brilhante e 23 de Três Lagoas, conforme a prefeitura já havia noticiado ontem.

A macrorregião de Dourados é, de longe, a que registra o maior número de óbitos: das 86 mortes registradas no estado, 53 são de lá. Outras 14 são da macrorregião de Campo Grande, 10 de Corumbá e nove da macrorregião de Três Lagoas.

Dos 8.676 casos confirmados, 4.665 já podem ser considerados recuperados e 199 estão internados, sendo 91 em UTIs (59 públicas).

A taxa de ocupação de leitos Covid (suspeitos e confirmados) no estado é de 39%. A ocupação global de leitos de UTI (incluindo leitos para Covid e outras doenças) é de 69% em Campo Grande, 61% em Dourados, 54% em Três Lagoas e 70% em Corumbá.

Desde o dia 25 de janeiro, o estado já realizou 47.435 mil testes de Covid. 1.979 exames ainda aguardam resultado do Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) e 1.785 casos foram notificados e não foram encerrados pelos municípios.

“É uma vergonha”

Algumas cidades do estado simplesmente ignoram a pandemia. No ranking de isolamento social feito pela Secretaria de Saúde Anaurilândia (32%), Batayporã (29,5%) e Novo Horizonte do Sul (23,1%) são os piores exemplos.

“É vergonhoso você ver cidades pequenininhas e as pessoas perambulando por aí”, disse o Secretário Geraldo Resende. Mas não são só as pequenas que estão dando vexame: a capital, Campo Grande, que voltou a acumular casos positivos e mortes, também vive como se nada estivesse acontecendo. É a segunda pior capital do país no ranking nacional de isolamento social, com 29,5%, atrás apenas de Tocantins, com 23,1%.

Ao contar todos os municípios do estado, Campo Grande ocupa a desonrosa 62ª posição. Três Lagoas, com 39,4%, aparece na 35ª colocação.

Comentários