31/03/2016 15h37 – Atualizado em 31/03/2016 15h37

Comandante-Geral da PMMS agradeceu a visita e colocou a Polícia Militar a disposição para a parceria com os diversos projetos da PMMS

Da redação

O Comando da Polícia Militar recebeu na manhã de hoje (31), representantes da empresa de produção de celulose de Três Lagoas – Fibria, o diretor de Engenharia e Projetos, Júlio César Rodrigues da Cunha, gerente de Segurança Corporativa, José Antonio Vieira Neto e o coordenador de Segurança Corporativa, Pedro Paulo Gracina. A empresa é uma das maiores na produção de celulose de eucalipto, possui quatro fábricas com filial localizada na cidade de Três Lagoas, com capacidade de produzir 5,3 milhões de toneladas anuais de celulose.

A empresa apresentou para o comando algumas atividades que fazem parte da gestão, além de programas que conta ainda com uma frente de mobilização, cujo objetivo é sensibilizar e motivar crianças e adolescentes a assumirem o protagonismo do processo de melhoria da qualidade da educação. A empresa conta também com 20 projetos em Mato Grosso do Sul, com mais de 7 milhões de investimentos, ajudando no desenvolvimento local, na geração de renda e na redução dos impactos das operações.

O Comandante-Geral da PMMS, coronel Jorge Edgard Júdice Teixeira, agradeceu a explanação e colocou a Polícia Militar a disposição para a parceria com os diversos projetos da PMMS.

Participaram também da reunião o Subcomandante da PMMS, coronel Francisco de Assis Ovelar, Chefe do Estado-Maior Geral da PMMS, coronel Carlos Hudmax Evangelista Ortiz, Comandante do Policiamento de Área ll (CPA ll), coronel Edmilson Lopes Da Cunha, comandante do 2ºBatalhão da Polícia Militar, tenente-coronel José Aparecido de Moraes, juntamente com Diretor da Diretoria de Policia Comunitária e Direitos Humanos (DPCom), tenente-coronel Thonny Audry Lima Zerlotti e o Chefe da Assessoria de Comunicação da PMMS, tenente-coronel Vanderlei Francisco da Silva .

(*) Comunicação PMMS

Os representantes da fábrica explanaram informações sobre a indústria. (Foto: Divulgação)

Comentários