08/03/2016 16h19 – Atualizado em 08/03/2016 16h19

Empresa tem interesse em construir três PCHs que podem causar danos ambientais, segundo deputado Angelo Guerreiro

Daniela Silis, com informações

O deputado Angelo Guerreiro (PSDB) fez um alerta para a possível construção de três usinas hidrelétricas na região de Água Clara, as chamadas Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs), e disse que teme por danos ambientais com a edificação das usinas.

As usinas seriam construídas nas águas do Rio Verde e do Rio Sucuri, entre as cidades de Água Clara, Ribas do Rio Pardo, Inocência e Três Lagoas, segundo o site da Rádio 90 FM.

Ainda conforme o site, o deputado disse que é preciso pensar no prejuízo ambiental. “Se elas forem construídas serão seis usinas hidrelétricas em um curto espaço de tempo na região. O Rio Verde será picado em pedaços a cada 15 km, 20 km e isso afastam os peixes. Essa experiência já foi vivenciada em 2013 quando houve uma mortandade catastrófica com a Usina São Domingos”, concluiu Guerreiro.

CONSEQUÊNCIAS

O deputado recebeu as informações durante audiência com o secretário-adjunto do Meio Ambiente do estado, Ricardo Sena, o prefeito de Água Clara, Silas José, e o empresário da Cobb Vantress Brasil que, conforme o site da Rádio 90 FM, é uma empresa avícola que emprega 240 funcionários no município e que corro o risco de ter as suas atividades paralisadas com a construção de novas hidrelétricas.

“Pode haver impacto para a granja, com a disseminação de doenças advindas de aves migratórias e também pesquisas mostraram que pode impactar com o desaparecimento de 80% do Pintado, Piracanjuba e outros peixes do Rio Verde. É um alerta importante para repensar nas consequências que a região terá”, ressaltou o deputado.

(*) Rádio 90 FM

O deputado Angelo Guerreiro (PSDB) fez um alerta para a possível construção de três usinas hidrelétricas na região de Água Clara (Foto: Divulgação)

Comentários