Gabriel Santana, que esteve na China dias atrás e voltou ao Brasil com sintomas de gripe, está internado enquanto espera os resultados do Lacen; nas redes sociais jovem disse que exames haviam dado negativo, mas médico nega

“Os exames não apontaram nada para corona, então, hoje vou receber alta!”. Com essa declaração o publicitário Gabriel Santana, 24 anos, procurava tranquilizar amigos e parentes após ser internado e tratado como caso suspeito de Covid-19 em Ponta Porã. O caso veio à tona logo depois do Brasil confirmar seu primeiro caso de infecção por coronavírus, em São Paulo.

O jovem, de 24 anos, esteve em uma viagem de 14 dias pela Ásia, passando pela China e Tailândia. “Eu estou tratando a situação no meu Instagram como piada”, disse ele. “Na verdade, eu vim porque eu queria um papel para voltar a trabalhar, para dizer que o que eu tinha era uma gripe normal. Viajamos em quatro pessoas e ninguém teve sintomas. Só eu peguei um resfriado e a galera surtou”, afirmou.

Segundo ele, após exames diversos e raio-X, uma pessoa teria passado uma mensagem a ele dizendo que o resultado era negativo.

Áudio de Gabriel Santana obtido pelo Perfil News

O Perfil News conversou com o médico que o atendeu, Dr. Patrick Dersi. Ele afirmou que a informação passada via redes sociais pelo rapaz não procede. “Não está descartada a infecção por coronavírus”, afirmou. Segundo ele, os exames serão realizados pelo Laboratório Central do Estado (Lacen) e o resultado sai em “alguns dias”. Só então será possível afirmar se o rapaz tem ou não o vírus no organismo.

Não há informações se ele permanecerá internado ou se será liberado para quarentena domiciliar enquanto aguarda os resultados.

Comentários