Operação ocorre entre os dias 10 e 14 de maio e integra as ações adotadas pelo ONS para minimizar impactos da escassez de chuvas

A CTG Brasil realiza entre os dias 10 e 14 de maio testes de redução de vazão mínima a jusante da Usina Hidrelétrica Jupiá, conforme autorização do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA).

A operação atende a uma solicitação do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), que vem adotando medidas para minimizar os impactos negativos causados pelas baixas afluências registradas nos últimos anos.

A solicitação do ONS é que a vazão da Usina Jupiá seja reduzida ao longo do período de testes num patamar de 100 m³/s por dia. Equipes especializadas farão o monitoramento de uma área de 15 hectares no Rio Paraná a jusante da usina, área de influência dos testes. No decorrer de cada dia, haverá a estabilização das vazões e a avaliação dos dados levantados durante o monitoramento.

A fase seguinte só será realizada após análise e confirmação das condições favoráveis do nível a jusante. Caso as equipes constatem iminência de impacto ao meio ambiente, os órgãos gestores serão avisados e haverá suspensão imediata da redução de vazão e reversão para os 3.700 m³/s atuais.

Comentários