25/08/2008 08h18 – Atualizado em 25/08/2008 08h18

Assessoria de Comunicação

Depois de passar o final de semana participando da campanha eleitoral em Bonito, Dourados e Aquidauana, o senador Delcídio do Amaral (PT/MS) , nesta segunda-feira, 25 de agosto, tem uma série de compromissos na região de fronteira de Mato Grosso do Sul com a Bolívia.

Delcídio desembarca em Corumbá às 9h30min e segue para o Anel Viário da cidade, cujas obras de pavimentação vão ser retomadas em breve pelo Ministério dos Transportes, depois de ficarem paradas por quase 5 anos, em função da falta de recursos e,recentemente, por causa também de algumas demandas jurídicas. Na semana passada a direção do Departamento Nacional de Infra-estrutura de Transportes aprovou a viabilidade técnica e jurídica para a conclusão da obra. Com a aprovação por parte do DNIT, o senador está fazendo gestões junto ao Ministério do Planejamento para que sejam liberados rapidamente os recursos necessários a retomada das obras. O anel corta os bairros Popular Nova, Jardim dos Estados, Guatós e o Loteamento Pantanal.

À tarde , a partir das 14h30min, Delcídio participa da campanha eleitoral no município de Ladário, onde acompanha o candidato a prefeito pelo PT, José Antonio Faria e os candidatos a vereador, em uma série de caminhadas e carreatas pelas ruas do município. À noite, às 19h, Delcídio vai proferir a palestra de abertura do II Simpósio de Controladoria e Gestão Empresarial do Pantanal, promovido pelo Departamento de Ciências Sociais Aplicadas da UFMS, no anfiteatro Salomão Baruki. A convite da universidade, ele fala sobre as Políticas Públicas e o Desenvolvimento Sustentável para uma platéia de especialistas em ciências contábeis e administração de empresas, além de acadêmicos de universidades públicas e privadas de Mato Grosso do Sul e demais estados do Centro-Oeste.

COMÍCIO

Depois de visitar quatro aldeias indígenas em Aquidauana, onde conversou com os moradores e ouviu pedidos de investimentos federais na região, o senador participou neste final de semana de um comício do candidato Fauzi Suleiman (PMDB), que concorre à prefeitura com o apoio de diversos partidos. O PT não tem candidato próprio em Aquidauana.

“ Eu me sinto absoluto tranqüilo em estar neste palanque porque o Fauzi, historicamente, sempre pertenceu ao PT, e só entrou no PMDB porque algumas correntes do nosso partido acabaram boicotando a candidatura dele em eleições anteriores. É um homem de bem, empresário competente , que simboliza a renovação e reúne todas as condições para ser um grande prefeito de Aquidauana. Talento para a articulação política ele já mostrou ao garantir o apoio do governador do estado, dos 3 senadores, de 6 dos 8 deputados federais e de 22 dos 24 deputados estaduais” , destacou Delcídio.

Comentários