10/10/2017 11h10

Segundo órgão, dentro de alguns dias, outros Estados já terão acesso ao novo método de verificação de habilitados.

Da Redação / Inf. Uol Carro

A partir desta terça-feira (10), o Detran-Go começa a testar um novo método de verificação para motoristas habilitados. Trata-se da CNH-e, uma Carteira Nacional de Habilitação totalmente virtual, que poderá ser apresentada por meio de um aplicativo no smartphone do condutor. Outros Estados devem iniciar o procedimento nos próximos dias.

De acordo com informações do Uol Carros, Elmer Vicenzi, diretor do Denatran (Departamento Nacional de Trânsito), disse que “antes, a verificação se dava apenas com os dados biográficos presentes na CNH, podendo a foto não ser a do titular de fato do documento. Esta implementação vai permitir a toda a sociedade conferir a foto”, explicou ele, complementando que “o código poderá ser consultado não só por agentes de lei de trânsito, mas também por setores civis da sociedade, como empresas, bancos, cartórios e locadoras de veículos. Em teoria, portanto, ele substituirá a “fotocópia dos documentos pessoais” exigida por essas instituições na hora de abrir um novo cadastro, por exemplo”, disse.

Ainda de acordo com as informações do site, um QR-Code (código de leitura digital), já está sendo impresso nas CNHs convencionais desde maio deste ano. Esse mesmo QR-Code servirá para verificação de autenticidade do documento, por parte dos agentes de segurança, ou de trânsito, o que já é uma mudança em curso, regida pela resolução 598 do Contran (Conselho Nacional de Trânsito), e que foi divulgada em dezembro do ano passado.

COMO VAI SER?

Utilizando a câmera do celular, por meio de uma aplicativo desenvolvido pelo Serpro (Serviço Federal de Processamento de Dados), será possível acessar, em um banco de dados, todas as informações relacionadas à CNH pesquisada.

O app é gratuito e já está disponível para download no Google Play Store e na Appel Store. Ainda não foi desenvolvido para a plataforma Windows Phone.

Para finalizar, o Serpro disse que tem em mente, lançar uma extensão do aplicativo para ser usado somente pelas autoridades competentes, em que será possível, por exemplo, verificar se o carro é roubado, se está com os documentos em dia ou o histórico de infrações do motorista.

CNH-E foi adotado pelo Denatran. Outros Estados devem ter liberação nos próximos dias. (Foto: Divulgação)

QR-Code servirá para acesso ao banco de dados. (Foto: Divulgação)

Comentários