24/04/2013 08h49 – Atualizado em 24/04/2013 08h49

No dia 31 de março, Valdir Ronaldo de Oliveira, 25 anos, foi agredido a pauladas e foi internado com traumatismo craniano

O espancamento ocorreu devido a um atrito entre a vítima e o menor de idade por uma negociação de motocicleta

Ricardo Mendes

Os investigadores da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) identificou os suspeitos de terem agredido a pauladas Valdir Ronaldo de Oliveira, 25 anos, no dia 31 de março deste ano, em um posto de combustível de Três Lagoas.

Foram identificados três pessoas, um adolescente de 17 anos que contou com a ajuda de seu pai de 41, seu tio de 31 e um amigo de 19 anos.

O jovem de 25 anos foi internado com traumatismo craniano e morreu 10 dias após o espancamento.

As agressões segundo informações ocorreram devido a um atrito entre a vítima e o adolescente por negócios envolvendo uma motocicleta.

De acordo com os policiais, Oliveira teria discutido com o menor, por ter comprado dele um painel de motocicleta com defeito, e ao exigir seu dinheiro de volta, eles brigaram.

No entanto, o menor foi até sua residência e chamou os outros envolvidos, que foram até um posto de gasolina, localizado na rua João Carrato, bairro Lapa, onde a vítima estava e a agrediram com golpes de pau e chutes.

Também foi apurado que o pai do adolescente cumpre pena no regime semiaberto local, pela prática de tráfico de drogas e na data da agressão estava sendo beneficiado de saída temporária para passar a Páscoa com a família.

O delegado titular da DIG, Ailton Freitas, já comunicou a justiça, sobre o fato, e as providências cabíveis serão tomadas.

O delegado titular da DIG, Ailton Freitas, já comunicou a justiça, sobre o fato, e as providências cabíveis serão tomadas (Foto: Arquivo Perfil News)

Comentários