15/11/2006 11h35 – Atualizado em 15/11/2006 11h35

Folha Online

O cineasta Esmir Filho, 24, vai fazer um longa-metragem tendo idosos como protagonistas. Versão estendida de “Tapa na Pantera”, do qual ele foi co-diretor? Nada disso. “Sol em Dias Nublados”, título ainda provisório, será a primeira investida dele no formato com mais de 70 minutos. E vai ser um filme sensível, segundo seu relato à Folha Online. Na nova empreitada, Esmir conta com a mesma produtora de “O Bicho de Sete Cabeças”, de Laís Bodansky, e “Cinema, Aspirinas e Urubus”, de Marcelo Gomes –a Dezenove Filmes e Produções.Além do sucesso de “Tapa na Pantera”, o cineasta ganhou o noticiário cultural neste ano por “Alguma Coisa Assim”, curta que venceu o prêmio de melhor roteiro pela Semana da Crítica em Cannes.”O filme vai seguir o trajeto do sol. Vamos dividi-lo em três episódios: alvorada, sol a pino e o entardecer. Os personagens, idosos, vão se espelhar no sentimento de cada instante do sol.” Esmir, que é irmão de Sarah Oliveira, funcionária do “Vídeo Show” (Globo), faz questão de frisar que o filme será “supercinematográfico” –em oposição ao formato “novela”, que costuma dominar a telona. “Mas também tenho preocupação em me comunicar com o público”, ressalva. A produção do longa também terá auxílio da Ioiô Filmes, produtora independente que Esmir administra com outros três colegas. O filme começa a ser produzido em 2007 e o lançamento está previsto para o começo de 2008.”Vibra Call”Para o jovem, a mudança de formato (de curta para longa) é uma evolução, mas não uma despedida. “Continuarei fazendo curtas quando der, mas meu foco agora é esse projeto.” Recentemente, “deu” para Esmir fazer um curta, durante uma gravação publicitária. “Fui filmar uma propaganda para uma faculdade e, como estávamos com todo o equipamento lá, criamos o ‘Vibra Call’.” No vídeo de 5 minutos, duas meninas se estimulam, em plena sala de aula (cenário de propaganda de faculdade, oras) com o celular. O filme terá exibição no 14º Festival Mix Brasil nesta quarta-feira. Esmir estará na sessão do Cine Olido (av. São João, 473, Centro), que acontece às 17h.

Comentários