30/10/2013 09h42 – Atualizado em 30/10/2013 09h42

Homem é assassinado e tem o corpo ocultado após envolver-se em disputa por droga

O jovem assassinado teria roubado entorpecente de um dos envolvidos, ao todo oito pessoas são suspeitas de ajudar no crime

Da Redação

A Polícia Civil de Água Clara registrou o homicídio de Luciano Alves da Fonseca, de 24 anos, neste último fim de semana. Segundo informações, oito pessoas estão envolvidas no crime brutal e seis deles foram presos nesta segunda-feira (28).

DENÚNCIAS

Os policiais souberam do ocorrido quando denúncias anônimas diziam que Fabrício Rocha Mello (19) estaria comentando sobre o crime pela cidade. Desta forma as equipes da Policia Civil e Militar foram até a casa do acusado e o encontraram debaixo da cama.

O rapaz confessou participação no crime e ainda relatou o nome dos outros envolvidos.

Segundo Mello o jovem foi morto por envolvimento com drogas. Fonseca teria furtado uma quantidade e entorpecente de Geraldo Franca Filho, de 19 anos e de um menor de 16 anos.

CRIME

Fonseca foi espancado brutalmente e depois foi arrastado a um matagal e enterrado por Juraci Cezário de Almeida, de 26 anos; Paulo Alexandre da Cruz, de 28 anos; o menor de 16 anos; Jorge Álvaro Tamarim, de 21 anos e Geraldo França Filho, de 19 anos (foragido).

Após a prisão os suspeitos indicaram o lugar em que a vítima estaria enterrada e a Perícia Técnica da Polícia Civil desenterrou o corpo, encaminhando-o ao Instituto Médico Legal (IML) de Três Lagoas.

Geraldo Franca Filho e o menor ainda estão foragidos. A polícia continua em busca aos dois que ainda não foram encontrados.

Oito pessoas estão envolvidas no crime brutal e seis deles foram presos nesta segunda-feira (Foto: Divulgação)

Luciano Alves da Fonseca, de 24 anos teria furtado uma quantidade e entorpecente de Geraldo Franca Filho (Foto: Divulgação)

Comentários