Ele deixava os animais sem água nem comida; dentre os 20 porcos, dois já estavam em estágio avançado de desnutrição

Uma equipe de Policiais Militares Ambientais de Bataguassu foi acionada na manhã de hoje (1) pela vigilância sanitária da cidade, em razão de uma denúncia envolvendo porcos, que estariam sofrendo maus-tratos em uma chácara localizada no assentamento Casulo, a cinco quilômetros da cidade.

A PMA foi ao local e verificou que havia uma criação de porcos, alguns filhotes, em ambiente precário e inapropriado, com falta de alimentação e até de água. Dentre 20 animais, pelo menos dois já estavam em estágio avançado de desnutrição.

Os animais foram apreendidos e o proprietário recebeu ordens para tomar as providências quanto a alimentação e água e também de cuidados veterinários, caso a alimentação não fosse suficiente para recuperar os porcos.

O infrator, de 42 anos), residente no assentamento, foi encaminhado à delegacia de Polícia Civil e responderá por crime ambiental de maus-tratos a animais, cuja pena é de três meses a um ano de detenção. Ele também foi autuado administrativamente e multado em R$ 1 mil.

Comentários