Com nova entrega, doações feitas pela companhia ao estado do Mato Grosso do Sul já somam R$ 13 milhões; empresa tem o segundo maior valor doado às ações de combate à pandemia no estado

Diante da necessidade de conter a circulação do coronavírus e a propagação de novos casos de Covid-19, a Eldorado Brasil está doando 68 mil testes rápidos para identificação da doença, a serem usados na rede pública de saúde do Mato Grosso do Sul. O termo de doação foi assinado formalmente nessa quinta-feira (25) e os itens já foram entregues ao Governo do Estado.

Em outra frente, serão disponibilizados mais de 2,5 milhões de equipamentos de proteção – máscaras, luvas, aventais, toucas e sapatilhas -, vitais para proteger os profissionais de saúde. Juntos, esses dois grupos de itens representam doação de R$ 10 milhões feita pela Eldorado Brasil. As doações começaram a ser entregues no início desta semana.

O governador Reinaldo Azambuja explicou a empresa se ofereceu para doar R$ 10 milhões ao Estado, mas que ele pediu que a doação fosse feita em testes e equipamentos de proteção porque a iniciativa privada tem mais agilidade para fazer compras, por não ter de enfrentar os mesmos tramites licitatórios que o poder público. 

Fotos: Chico Ribeiro

“Isso mostra a agilidade, porque nós conversamos há uma semana, a rapidez, que eles fizeram a compra, mas principalmente a solidariedade com Mato Grosso do Sul e a parceria que eles estão construindo com o nosso estado”, afirmou Reinaldo Azambuja.

Com essa nova ação, a Eldorado Brasil torna-se a empresa com o segundo maior valor doado às ações de combate à Covid-19 no Mato Grosso do Sul, ficando atrás apenas da JBS. Ambas as empresas são controladas pelo grupo J&F, maior empregador do estado, com cerca de 60 mil empregos diretos e indiretos, dos quais 15 mil pela Eldorado Brasil.

O presidente da Eldorado Brasil, Aguinaldo Gomes Ramos Filho, destaca o compromisso da companhia com a saúde, a segurança e o bem-estar das comunidades em que atua. “Estamos completamente engajados na superação dessa pandemia, que está impondo novos desafios a todo o mundo. Estamos trabalhando para apoiar medidas ágeis que contribuam para salvar vidas e para conter os problemas causados pelo coronavírus”, reitera.

Resposta à pandemia
Desde o início da pandemia, em acordo com as diretrizes das autoridades sanitárias brasileiras e internacionais, a companhia adotou protocolos específicos de higiene e de segurança, nas suas operações, para proteger seus colaboradores.

“Sabemos como nosso trabalho é essencial diante da necessidade crescente, no mundo todo, por produtos feitos a partir da celulose e usados na higiene e na saúde. Não só estamos trabalhando arduamente para garantir o abastecimento desse item essencial, com segurança para os nossos colaboradores, mas também queremos contribuir para que o Brasil possa superar essa crise com a maior brevidade”, explica Ramos Filho.

Outra medida teve como foco o apoio social à população mais vulnerável de 15 municípios na região, por meio da entrega de 395 mil máscaras de tecido – 50 mil adquiridas de artesãos locais, contribuindo para a geração de emprego e renda em meio à crise – e 32,7 mil cestas básicas. As doações atendem as famílias cadastradas junto às prefeituras e as de assentamentos assistidos pela empresa, além de entidades filantrópicas e projetos sociais.

Além das doações em materiais de saúde e cestas básicas, a Eldorado Brasil tem dado atenção e cuidado para idosos da região. Asilos e casas de repouso do Mato Grosso do Sul receberam tablets da companhia. Com eles, os idosos têm conversado com familiares e amigos, sem romper o isolamento social, e conhecido funcionários da Eldorado, que, voluntariamente, passaram a trocar mensagens de apoio e carinho com os mesmos.

Comentários