15/05/2015 10h45 – Atualizado em 15/05/2015 10h45

MS ocupa o 23° lugar no ranking de estados com maior taxa de óbito por arma de fogo

Da Redação

Mato Grosso do Sul teve 358 mortes por arma de fogo no ano de 2012, segundo dados do Mapa da Violência 2015, divulgado nesta quinta-feira (14). De acordo com o levantamento, entre 2002 e 2012, o Estado apresentou queda de 24,% nos óbitos por arma de fogo.

De acordo com o levantamento, entre 2011 e 2012, a redução foi de 9,1%, caindo de 394 mortes em 2011 para 358 em 2012. O acumulado de mortes entre 2002 e 2012 é de 3.783 óbitos.
Deste total registrado em 2012, Campo Grande teve 106 mortes, seis a menos do que em 2011, o que representa uma queda de 5,4%.

O Estado ocupa a 23ª posição no ranking de unidades da federação com maiores taxas médias de homicídios e de óbitos por arma de fogo.Quando aos municípios, nenhuma cidade do estado ficou entre as 100 com maiores taxas de óbito.

Quanto as características das vítimas, a maioria das mortes ocorre entre a população jovem e negra. Do total de mortes em 2012, 185 eram jovens e 173 não jovens. Quanto a cor da pele, 107 eram brancos e 214 negros.

O Mapa da Violência 2015 – Mortes Matadas por Armas de Fogo é uma parceria da Secretaria-Geral da Presidência da República, da Secretaria Nacional de Juventude (SNJ), da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir), da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) no Brasil e da Faculdade Latino Americana de Ciências Sociais (FLACSO).

(*) Correio do Estado

O Estado ocupa a 23ª posição no ranking de unidades da federação com maiores taxas médias de homicídios e de óbitos por arma de fogo. (Foto: Divulgação)

Comentários