Anúncio do Governo do Estado, na manhã de hoje, confirmou mais três casos em Três Lagoas, que agora acumula 37 positivos; 27 novos casos foram registrados em MS nas últimas 24h

Mato Grosso do Sul registrou nas últimas 24 horas 27 casos de Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. Dessa forma, o número de casos confirmados foi de 186 a 213 em 24h – um aumento de 14,5%.

Foi o dia que registrou o maior número de casos, segundo a Secretaria de Saúde. Dos 213 casos confirmados, 84 estão em isolamento domiciliar, 102 já finalizaram a quarentena e estão sem sintomas. 20 estão internados, sendo dez em hospitais públicos e dez em hospitais privados. Foram registrado sete óbitos. O boletim completo pode ser acessado aqui.

Além dos 10 casos novos confirmados ontem em Três Lagoas, o Governo do Estado incluiu três novos casos na cidade hoje: duas mulheres de 37 anos, que estão internadas, e e um homem de 51, em isolamento domiciliar.

A importância das máscaras

A secretária-adjunta de Saúde de Mato Grosso do Sul, Christinne Maymone, falou sobre a importância do uso de máscaras para prevenção à doença. “Aproveite o fim de semana e confeccione sua máscara, crie a cultura da prevenção e do uso”, destacou.

Dados científicos recentes constataram que a transmissão da Covid-19 pode ocorrer mesmo antes do indivíduo apresentar os primeiros sinais e sintomas. Por esse motivo, o Ministério da Saúde passou a recomendar o uso de máscaras faciais para todos.

Em Três Lagoas, a Prefeitura anunciou, na quarta-feira, 22, que será obrigatório o uso de máscaras dentro dos comércios. O médico e membro do Comitê de Enfrentamento à COVID-19, Dr. Cassiano Rojas Maia, explicou que o comerciante deverá exigir do cliente o uso de máscara ao entrar no estabelecimento. “A situação não voltou ao normal, ainda corremos riscos, mas as pessoas precisam manter os cuidados. Precisamos dessa colaboração”, disse.

No entanto, diante da insuficiência mundial de insumos, foi solicitado aos cidadãos para que produzam a sua própria máscara de tecido, com materiais disponíveis no próprio domicílio.

Comentários