05/12/2018 16h00

Os presos são investigados num suposto de esquema de corrupção envolvendo o setor de Tecnologia da Informação da Câmara de Vereadores da cidade

Diário MS

O Grupo de Atuação Especializado e Combate ao Crime Organizado (Gaeco), liderado pelo promotor Ricardo Rotunno, da 16ª Promotoria de Defesa do Patrimônio Público, acaba de prender os vereadores Idenor Machado (PSDB), Cirilo Ramão (MDB) e Pedro Pepa (DEM) durante operação na Câmara Municipal de Dourados.

O servidor Amilton Salinas, que trabalha na Câmara de Vereadores também foi preso. Mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos neste momento na Casa de Leis.

A reportagem apurou que os presos são investigados num suposto de esquema de corrupção envolvendo o setor de Tecnologia da Informação da Câmara de Vereadores de Dourados. A estratégia do grupo era aditivar e prorrogar contratos em troca de propina. Os três foram presos porque teriam iniciado o esquema na gestão passada e continuaram operando nesta gestão.

(*) Diário MS

Gaeco prende vereadores Idenor Soares, Pedro Pepa e Cirilo Ramão. Montagem: Diário MS

Comentários