Homem, dono de uma oficina mecânica estava em uma propriedade rural, quando foi atacada por abelhas. Mesmo sendo socorrido de imediato, ele morreu a caminho do hospital

Na manhã deste domingo o plantão do Corpo de Bombeiros de Três Lagoas foi acionado por uma senhora informando que teria recebido uma ligação do seu marido pedindo socorro, que havia sofrido ataques de abelhas. A vítima estava em uma propriedade rural, distante 15 quilómetros da fábrica de celulose Eldorado Brasil.

A vítima de 59 anos mesmo atingido pelos ferrões das abelhas, ainda conseguiu avisar sua esposa da situação. Porém, pouco minutos da primeira ligação, a esposa da vítima retorna o contato com o plantão dos bombeiros informando que seu marido estava inconsciente, porém que uma pessoa já estava socorrendo-o, a caminho do hospital em Três Lagoas.

Mas, uma unidade de resgate dos bombeiros já estava em deslocamento para atendimento à vítima, além de uma unidade avançada (com equipe médica) do SAMU.

A equipe dos bombeiros militares interceptou o veículo com a vítima na BR 158, entre a ponte do rio Sucuriú e a rotária, encontrando a vítima já em parada cardiorrespiratória.

Diante da gravidade da situação, foi iniciado os procedimentos de ressuscitação cardiorrespiratória (RCP) e com a chegada da equipe médica do SAMU, foi ministrada drogas, choques e massagens por cerca de 25 minutos. 

Porém, infelizmente, a vítima não resistiu e veio a óbito no local. De acordo com informações dos bombeiros, visivelmente havia marcas de picadas apenas nos braços e não se sabe até então os detalhes das circunstâncias em que ocorreram o ataque à vítima. Até o fechamento dessa matéria, o nome da vítima não havia sido revelado, mas, segundo consta, o homem seria dono de uma oficina mecânica, localizada nas proximidades do Detran.

Comentários