12/06/2017 09h35

Ocorrência foi registrada como vias de fato, violência doméstica e ameaça. Confusão aconteceu no Jardim Paranapungá

Lucas Gustavo

Um homem, de 26 anos, e sua mulher, de 30, foram parar na delegacia depois de brigarem. A confusão aconteceu na casa dos dois, na noite de ontem (11), no bairro Jardim Paranapungá. A desavença teria começado por conta de um carregador de celular.

De acordo com o boletim ocorrência, o homem jantava e pediu a esposa que procurasse o carregador.
Irritado com a demora, ele arremessou um ferro de passar contra a parede. A mulher, também nervosa com a situação, quebrou celular do marido. Para revidar, o acusado danificou o telefone dela.
Ainda bastante agitado, o homem se apossou de uma máquina de costura e jogou em direção da esposa.

Ela precisou se esconder atrás de uma porta para não ser atingida. Em seguida, a mulher entrou no carro da família e foi até a delegacia.

Na DP, a Polícia Militar foi chamada e acompanhou a vítima até sua casa. Por lá, na frente dos PMs, o acusado passou a xingá-la e a ameaça-la de morte. Ele foi contido e levado à delegacia, mas a mulher optou por não representar criminalmente contra o marido. Os dois foram ouvidos e liberados.

O caso foi registrado como vias de fato, violência doméstica e ameaça.

Caso foi registrado na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac). (Foto: Arquivo/ Perfil News).

Comentários