14/11/2014 15h31 – Atualizado em 14/11/2014 15h31

Além de exames de glicemia e aferição de pressão arterial, ação orientou a população a prevenir doenças, adotando hábitos saudáveis de viver

Assessoria

A Prefeitura de Três Lagoas, por meio da equipe do Programa Municipal de Prevenção e Controle da Hipertensão Arterial e Diabetes Mellitus (Programa Hiperdia) da Secretaria Municipal de Saúde, realizou ação específica, alusiva ao Dia Mundial de Combate ao Diabetes, nesta sexta-feira (14).

As ações, voltadas a toda a população, foram em frente à Clínica do Idoso e Reabilitação “Diácono Pedro Barbosa da Silva”, rua José Sebastião de Souza, no bairro Nossa Senhora Aparecida, onde foi montada uma “tenda”, para essa finalidade específica.

O Programa Municipal Hiperdia está instalado na Clínica do Idoso e Reabilitação, desde que foi inaugurada esta Unidade de Saúde, em 29 de agosto deste ano.

CONSCIENTIZAÇÃO

O objetivo principal do evento foi conscientizar as pessoas sobre a importância da prevenção de Diabetes e o diagnóstico precoce da doença para evitar a tempo complicações múltiplas que o diabetes pode causar.

“Para isso, a equipe do Programa Hiperdia disponibilizou à população a oportunidade de realizar exame de glicemia, avaliação de riscos de contrair Diabetes, aferição da pressão arterial e, principalmente, orientações sobre a adoção de hábitos saudáveis de vida, como principal instrumento de prevenção das principais doenças”, informou o coordenador do Hiperdia, enfermeiro Afrânio Azambuja.

Até às 10h30, a equipe do Hiperdia havia atendido mais de 60 pessoas, “tranquilamente e sem filas. Acreditamos que, até o final da tarde (17h), quando termina o expediente, aumente esse número de pessoas”,

ALERTA

O Dia Mundial de Combate ao Diabetes tem a finalidade de educar e conscientizar a população sobre a gravidade da doença e da importância de manter hábitos saudáveis de vida, para a prevenção de doenças, que podem levar à morte, alertou o coordenador do Hiperdia.

Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), o Diabetes mata uma pessoa a cada oito segundos “e essa triste e lamentável ocorrência de mortes em todo o Mundo, incluindo o Brasil, pode ser evitada se todos estiverem atentos aos sintomas e fatores de risco do Diabetes”, informou Afrânio.

Ele se referiu ao excesso de peso, má alimentação, sedentarismo e histórico familiar, como os principais fatores de risco da doença.

“Esta e outras ações da Secretaria Municipal de Saúde têm como finalidade específica orientar e educar para prevenir a doença”, destacou.

Os principais sintomas do Diabetes são: urinar com frequência, falta de energia e disposição, perda acentuada de peso e sede excessiva.

(*) Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Três Lagoas

A equipe do Programa Hiperdia disponibilizou à população a oportunidade de realizar exame de glicemia, avaliação de riscos de contrair Diabetes, aferição da pressão arterial e outros (Foto: Divulgação)

Uma tenda foi em frente à Clínica do Idoso e Reabilitação “Diácono Pedro Barbosa da Silva”, no bairro Nossa Senhora Aparecida, para o atendimento (Foto: Divulgação)

Comentários