31/01/2012 15h01 – Atualizado em 31/01/2012 15h01

Mais de quatro mortes e dezenas de pessoas foram intoxicadas com gás em Bataguassu

Segundo informações de moradores do município mais de quatro pessoas estão mortas, cerca de 50 pessoas foram contaminadas pelo gás

Elisângela Ramos

Na manhã de hoje (31) um vazamento de gás tóxico no curtume do Frigorífico Marfrig, em Bataguassu, matou quatro pessoas e dezenas de pessoas, que trabalhavam no local, inalaram o gás.

VÍTIMAS

De acordo com moradores de Bataguassu, a situação é preocupantes familiares de trabalhadores do frigorífico estão desesperados e preocupados com o estado de saúde das vítimas. “Estou preocupada, por que tenho um sobrinho que trabalha no frigorífico, mas já tive informação que ele está passando bem, estou tensa, pois estão dizendo que já tem sete pessoas mortas e essa informação ainda não foi confirmada”, preocupado conta Deusdete Santos.

SOCORRO

O 5º Grupamento de Bombeiros de Três Lagoas está dando suporte às vítimas com máscaras, roupa adequada e gás de oxigênio. Outras vítimas estão recebendo atendimento na Santa Casa de Bataguassu.

De acordo com o comandante do Corpo de Bombeiros e coordenador da Defesa Civil, coronel Ociel Ortiz Elias, 20 pessoas estão feridas. Moradores relataram que a rodovia BR 267 está interditada. O coronel também disse que o gás ainda pode ser inalado por outras pessoas.

Bombeiros de Campo Grande, também estão se deslocando para Bataguassu em helicópteros, para auxiliar no vazamento de gás.

Com informações do Correio do Estado

O acidente com o gás tóxico aconteceu no Frigorífico Marfrig. Quatro pessoas morreram e dezenas inalaram o gás.
Foto: Divulgação

Comentários