03/01/2013 15h51 – Atualizado em 03/01/2013 15h51

Da Redação

A Fundação de Cultura do Governo de Mato Grosso do Sul publicou, no Diário Oficial do Estado, o edital para seleção de grupos e artistas de teatro, música e dança que se apresentarão no projeto CenaSom em 2013.

Serão disponibilizadas trinta e duas datas para o próximo ano, sempre às quintas-feiras, para espetáculos diversificados no palco do Teatro Aracy Balabanian, no Centro Cultural José Octávio Guizzo.

As apresentações ocorrerão nos dias 18 e 25 de abril; 2, 9, 16 e 23 de maio; 6, 13, 20 e 27 de junho; 4, 11, 18 e 25 de julho; 1º, 8, 15, 22 e 29 de agosto; 5, 12, 19 e 26 de setembro; 3, 17, 24 e 31 de outubro; 7, 21 e 28 de novembro e 5 e 12 de dezembro de 2013.

As inscrições devem ser realizadas pelos pretendentes ou seus procuradores no período de 20 de dezembro a 4 de fevereiro de 2013, respeitando as condições disponibilizadas por edital. Somente serão aceitas inscrições de projetos enviados pelos Correios. Cada grupo ou artista poderá escolher entre duas datas de apresentação disponibilizadas pela seleção.

Os projetos inscritos serão analisados por uma Comissão de Seleção nomeada pela Secretaria de Estado de Governo composta por seis membros e o resultado do edital publicado no Diário Oficial no dia 22 de março de 2013.

No Cenasom a Fundação de Cultura cede o Teatro Aracy Balabanian com toda a sua estrutura de som e iluminação e auxilia na divulgação do evento e na sua organização, possibilitando apresentações de espetáculos musicais e de artes cênicas variados e de qualidade.

O projeto tem por objetivo fomentar a produção cultural sul-mato-grossense, proporcionando à classe artística espaço para suas apresentações. Por meio do acesso aos bens culturais a preços acessíveis também incentiva a formação de público e mercado para as artes.

SERVIÇO

O edital está disponível no Diário Oficial de Mato Grosso do Sul e na página da Fundação de Cultura, no banner “Editais”. Outras informações pelo telefone 3316-9172, na Gerência de Difusão Cultural.

(*) Com informações do MS Noticias

Comentários