19/03/2012 19h58 – Atualizado em 19/03/2012 19h58

Fiems recebe escritura e anuncia início das obras do Centro Integrado Sesi Senai em Aparecida do Taboado

O presidente da Fiems, Sérgio Longen, recebeu a doação do terreno de 50 mil m² do prefeito André Alves Ferreira

Da Redação*

Durante cerimônia no início da noite desta segunda-feira (19/03) no Centro Pedagógico e Cultural Professor Agrício José Tolentino, em Aparecida do Taboado, o presidente da Fiems, Sérgio Longen, recebeu a escritura de terreno de 50 mil m² doado pela Prefeitura Municipal para a construção do CISS (Centro Integrado Sesi Senai) e já anunciou o início das obras para o primeiro semestre deste ano. “Sem dúvida nenhuma, a construção do CISS será a porta de entrada do Sistema Fiems no município. Esse empreendimento representa a concretização de um projeto que se iniciou em setembro do ano passado, quando fizemos a primeira visita à cidade”, lembrou.

Ele acrescenta que o Centro, que ficará localizado na Avenida Orlando Mascarenhas Pereira, no Bairro Jardim Primavera, abrigará os cursos de formação profissional do Senai e os serviços de saúde, educação, cidadania e lazer do Sesi. “No espaço serão construídos guarita, estacionamento com mais de 200 vagas, salas para o setor administrativo do Sesi e Senai, almoxarifado, salas para os serviços de segurança do trabalho e de enfermagem, consultório médico, biblioteca, sala de treinamento, 7 salas de aulas, laboratório físico-químico, sala de corte e costura, sala de eletrônica, oficina, cantina, copa, banheiros, cozinha, depósito, vestiários, academia, sala de professores, lavanderia, campo de futebol, quadra de vôlei de areia, pista de caminhada e quadra poliesportiva coberta”, informou.

(*) Com informações do Núcleo de Comunicação Social da Fiems

O prefeito de Aparecida do Taboado, André Alves Ferreira, reforçou que no município existe muita mão de obra sem qualificação e o CISS contribuirá para reduzir esse problema. “A implantação desse Centro Integrado Sesi Senai vai facilitar ainda mais a geração de empregos e, consequentemente, o aumento da renda dos nossos trabalhadores. Com certeza, o mercado de trabalho abrirá as portas para os nossos moradores, afinal, temos o 4º maior polo industrial de Mato Grosso do Sul. Essa união de forças da Associação Industrial de Aparecida com a Fiems ajuda a realizar um sonho antigo da população”, discursou.

ENTRONCAMENTO LOGÍSTICO

Para a secretária estadual do Desenvolvimento Agrário, Produção, Indústria, Comércio e Turismo, Tereza Cristina Corrêa da Costa, que representou o governador André Puccinelli, Aparecida do Taboado será o entroncamento logístico do Estado de Mato Grosso do Sul. “Este local será muito importante, pois várias empresas estão se instalando e a implantação do CISS significa o começo desse futuro promissor. Quando a indústria chega é preciso ter gente qualificada para ocupar as vagas que serão oferecidas e, por isso, esse Centro é tão importante”, afirmou.

Na avaliação do 1º secretário da Assembleia Legislativa, deputado estadual Paulo Corrêa, a implantação de CISS nos municípios do Estado onde o setor industrial está se consolidando como principal força econômica é uma bandeira antiga do presidente da Fiems. “Esse empreendimento é sinônimo de capacitação profissional e Aparecia do Taboado pode se considerar uma cidade privilegiada por ter sido contemplada com essa obra. Agora, os empresários da região e a população local não podem mais reclamar da falta de opção de qualificação”, ressaltou.

Já o presidente da Associação Industrial de Aparecida do Taboado, Fabrício Lalucci de Souza, informa que hoje o município abriga 56 indústrias, que juntas absorvem 4.500 trabalhadores. “A nossa estimativa é de que hoje cada indústria tenha demanda entre 10 e 15 trabalhadores qualificados e a previsão é de que em dois anos tenham o dobro da oferta de vagas. Esse estreitamento da relação com o Sistema Fiems agora vai contribuir para que possamos solucionar esse gargalo. A construção do CISS será um marco para o nosso município”, analisou. Também participaram da cerimônia os diretores do Sistema Fiems, Jaime Verruck, Sidnei Pitteri Camacho e Antonio Breschigliari Filho.

Com entrega de escritura, Fiems anuncia obras que vai formar trabalhadores na área industrial.

Comentários