16/09/2002 18h30 – Atualizado em 16/09/2002 18h30

O candidato a deputado federal Geraldo Resende, da Frente Trabalhista (PPS-PDT) está otimista com o grande número de pessoas que estão lhe apoiando tanto no Cone Sul, Vale do Ivinhema como da Grande Dourados. Ele disse que o povo está consciente e vem refletindo sobre a importância do voto. “E é essa maioria silenciosa que vem, gradativamente, manifestando sua preferência por nossa candidatura e que, seguramente, nos garantirá a vitória”, avalia o candidato.

Em todos os seus comícios, Geraldo Resende é assistido por uma multidão comparece para ouvir suas palavras e lhe manifestar apoio. Entre essas pessoas, estão várias lideranças como prefeitos, vereadores, ex-prefeitos e secretários municipais.

Geraldo Resende tem convidado a população, a fazer uma comparação entre a sua atuação como homem público “e a dos candidatos da região e mesmo dos de fora, os chamados pára-quedistas, que contratam falsas lideranças políticas, as quais ganham verdadeiras fábulas para serem os intermediários entre os candidatos e os eleitores”.

Ele pede para que as pessoas comparem o que ele já fez em favor de cada município deste Estado e o que os demais fizeram. E enumera algumas de suas ações, como por exemplo, a entrega de cerca de 200 veículos; criação de empregos para dois mil auxiliares de enfermagem, 200 médicos e enfermeiros e para 1.600 agentes comunitários; reforma e ampliação de 40 hospitais; construção de nove hospitais, concluídos e equipados; e a entrega de equipamentos como ultra-som e aparelhos de Raio-X para todas as cidades de MS.

“O povo sabe distinguir entre quem realmente trabalha e os que somente sabem pintar muros, contratar milhares de cabos eleitorais, veículos e artistas famosos e comprar apoios de lideranças. E, seguramente, vai votar num candidato que tem propostas e, acima de tudo, tem mandatos de resultados e um passado limpo e ético”, conclui Geraldo.

Comentários