26/09/2013 14h52 – Atualizado em 26/09/2013 14h52

Grupo de 400 índios bloqueia rodovia estadual de MS, diz polícia

Segundo os policiais, eles querem conversa com a Sesai. De acordo com a Funai, na região vivem 3 mil indígenas.

Da Redação

Grupo de aproximadamente 400 indígenas bloqueia desde às 8 horas desta quinta-feira (26) a MS-295, entre Tacuru e Iguatemi, no Sul do estado. A informação é da Polícia Militar Rodoviária. O coordenador da Fundação Nacional do Índio (Funai), em Ponta Porã, Silvio Raimundo da Silva, disse que ainda não conseguiu contato com funcionários nem com índios da região.

De acordo com a polícia, os índios estão na pista de rolagem e não permitem a passagem de nenhum veículo. Os policiais disseram ainda que eles avisaram que só desbloqueiam a rodovia após conversa com representantes da Secretaria de Saúde Indígena (Sesai).

O coordenador da Funai em Ponta Porã falou que por não ter conseguido contato com ninguém do local, não sabe qual o motivo da manifestação. Conforme ele, nas proximidades do bloqueio há duas aldeias: a Jaguaporé e a Caçoró, onde vivem aproximadamente três mil índios. Segundo a polícia, também que há congestionamento nos dois lados da MS-295.

A assessoria de imprensa do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), informou que o desembargador Josué de Oliveira e mais dois servidores estão parados no bloqueio e que os manifestantes teriam retido os telefones celulares deles.

EM CAMPO GRANDE

Indígenas ocupam desde o dia 18 o Distrito Sanitário Especial Indígena de Mato Grosso do Sul (DSEI), na capital sul-mato-grossense. Eles pedem a exoneração do coordenador do órgão, Nelson Olazar.

(*) Com informações de G1 MS

Comentários