17.9 C
Três Lagoas
terça-feira, 17 de maio, 2022
InícioNotíciasIndústria brasileira vive otimismo com novo governo

Indústria brasileira vive otimismo com novo governo

29/01/2011 07h44 – Atualizado em 29/01/2011 07h44

Duas pesquisas divulgadas divulgadas na última quinta-feira (27), mostram que o empresário brasileiro está confiante neste início do governo Dilma Rousseff

Celulose On-line

Sondagem da Confederação Nacional da Indústria (CNI) mostrou que a expectativa da indústria brasileira para 2011 é otimista, até mesmo para o setor externo, embora os empresários já estejam aguardando um ritmo menos intenso de crescimento da atividade do que em 2010. O Sensor da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), que mede as perspectivas dos empresários para alguns setores da economia, voltou a crescer este mês. O indicador passou de 47 pontos em dezembro para 50,2 pontos em janeiro. Números acima de 50 são positivos.

A pesquisa realizada pela CNI com 1.518 empresas revelou que a expectativa sobre a demanda nos próximos seis meses subiu para 58,1 pontos em janeiro, ante 55,2 em dezembro. O nível revela otimismo, por estar acima dos 50 pontos, mas a CNI observa que esse indicador era de 62,9 pontos em janeiro de 2009.

Na contratação de mão de obra, a expectativa ficou estável, em 53,2 pontos ante 53,9 na última apuração em setembro de 2010. Segundo o economista da CNI, Renato da Fonseca, dados apurados sobre o que se passou na indústria no fim do ano passado, como o indicador do uso de capacidade instalada, que em dezembro ficou em 48,2 pontos, “abaixo do usual” de 50 pontos, mostram que o ritmo de crescimento da economia será mais fraco sobre 2010.

A Fiesp avaliou que os números da sua pesquisa devem ser vistos como um sinal de alerta. Isso porque, com exceção de investimentos, que segue forte, com 58,3 pontos, os demais componentes do índice estão abaixo ou em cima do limite aceitável.

Já estoque e vendas seguem em um patamar insatisfatório, mas já apresentam melhora em relação ao mês anterior. O resultado das vendas saltou de 42,9 pontos para 48,1. O estoque, por sua vez, foi de 42 pontos para 46,8 pontos.

Comentários
MATÉRIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Este Conteúdo é protegido! O Perfil News reserva-se ao direito de proteger o seu conteúdo contra cópia e plágio.