10/04/2015 09h28 – Atualizado em 10/04/2015 09h28

A doação de papel já chegou a quase 335 toneladas e ajuda a salvar inúmeras árvores e economizar litros de água nesse processo

Assessoria

Uma parceria dos Correios com cooperativas de catadores de material reciclável de boa parte do País está unindo as vertentes de sustentabilidade social, ambiental e financeira. A empresa já doou a essas entidades quase 335 toneladas de papel referentes a 111 mil caixas com balancetes de agência antigos, dos anos de 1989 a 1992 e de 1995 a 2000. Assim, os Correios ajudaram a salvar 6,7 mil árvores e a economizar 33 milhões de litros de água.

Os destaques de doação de caixas são os Estados de São Paulo (30,5 mil), Minas Gerais (22,6 mil), Paraná (10,2 mil), Rio de Janeiro (7,6 mil) e Santa Catarina (7,1 mil). O descarte desses papeis gerou um espaço equivalente a 15,6 km lineares ou 3.102 estantes nos arquivos gerais dos Correios. Em Mato Grosso do Sul foram doadas, em 2014, 1558 caixas. Para 2015, a previsão é de que mais 1.246 caixas sejam destinadas à reciclagem.

Em vez de serem incinerados – prática que traz prejuízos ao meio ambiente-, os documentos são fragmentados e reciclados, aliando preservação de recursos naturais e gerando renda para famílias em estado de vulnerabilidade social. O papel branco é o item que possui o segundo maior valor de venda no processo de reciclagem, atrás apenas do alumínio. Em Porto Alegre, por exemplo, as cooperativas chegam a receber até R$ 0,44 pelo quilo do papel branco.

As entidades parceiras são selecionadas pelos Correios por meio de chamamentos públicos estaduais, que seguem as regras estipuladas no decreto 5.940/2006 – que institui a separação dos resíduos recicláveis descartados pelos órgãos e entidades da administração pública federal.

SUSTENTABILIDADE

Os Correios possuem outras iniciativas que estão alinhadas às diretrizes de sustentabilidade nacional e internacional, como a Lei de Resíduos Sólidos do Brasil e os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio da Organização das Nações Unidas (ONU).

As ações ambientais da empresa estão agrupadas em três frentes: Redução e/ou compensação das emissões de gás carbônico; Gestão de Resíduos Sólidos; e Preservação dos Recursos Naturais Renováveis. Conheça aqui detalhes sobre as ações desenvolvidas e também seus resultados.

(*) Correios

Cooperativas de catadores de materiais reciclados, ajudam no projeto. (Foto: Divulgação)

Comentários