01/02/2012 14h06 – Atualizado em 01/02/2012 14h06

Assessoria de Comunicação da Marfrig responde indagação de familiar

A perícia está investigando o caso

Rafael Furlan

A irmã de uma das vítimas que morreu no acidente que ocorreu em Bataguassu, Regiane da Silva Melo, inconformada com o ocorrido, disse que “Infelizmente meu irmão foi a óbito por causa da irresponsabilidade do pessoal do Marfrig. Eles não tinham treinamento nenhum para mexer com esse tipo de material químico”.

A equipe do Grupo Perfil de Comunicação entrou em contato com a assessoria de imprensa da Marfrig e segundo informações repassadas por telefone, “a acusação feita pela irmã da vítima não procede. Os colaboradores utilizam equipamentos para manuseio de produtos como máscara facial completa”.

Ainda de acordo com a assessoria, o caso está sendo analisado pela perícia.

O caso está sendo analisado pela perícia

Comentários