17/09/2002 07h11 – Atualizado em 17/09/2002 07h11

17/09/2002 – 08h00

France Presse, em San Diego (EUA)

O engenheiro David Westerfield, 50, foi condenado ontem pelo assassinato de Danielle van Dam, 7, cujo desaparecimento mobilizou a imprensa dos Estados Unidos.

Os jurados da Corte Superior de San Diego também decidiram que o juiz deverá optar entre a prisão perpétua e a pena de morte na sentença contra Westerfield.

Danielle desapareceu de sua casa no dia 1º de fevereiro, e seu corpo foi descoberto 26 dias depois, em uma zona rural a 25 km de sua residência.

Westerfield foi preso após uma batida policial em sua casa, onde a polícia encontrou material de pornografia infantil.

Comentários