08/10/2017 11h51

A expectativa, segundo a presidente da Associação Comercial e Industrial de Três Lagoas, Glaucia Puzziello Jaruche, já foi superada, em relação ao movimento de pessoas na segunda edição do Líquida Mix e primeira durante o mandato dela à frente da entidade.

Ygor Andrade / Ricardo Ojeda

A segunda edição do Liquida Mix, que acontece neste domingo, no Pátio do Galpão da NOB (Noroeste do Brasil), recebeu, somente na parte da manhã, mais de oito mil pessoas, de acordo com informações da Presidente da Associação Comercial e Industrial de Três Lagoas, Glaucia Jaruche.

O evento tem como finalidade fomentar ainda mais o comércio local, apresentando diversos produtos e serviços à população com preços acessíveis. “É o primeiro na minha gestão. É o maior evento da associação e isso nos deixa bastante contentes. Essa edição do Liquida Mix superou todas as nossas expectativas, concretizando nosso planejamento, trazendo mais de oito mil pessoas somente no período da manhã, ou seja, temos aqui, consumidores que vieram prestigiar o evento, e aproveitar para fazer comprasm conhecer produtos e serviços e isso nos deixa bastante satisfeitos”, comentou Jaruche, enfatizando que uma das exigências para a participação no evento, é que todos fossem comerciantes de Três Lagoas. “Não podemos deixar que feirinhas, como a do Brás, por exemplo, venha e leve nosso dinheiro”, disse.

O prefeito Angelo Guerreiro também comemorou a parceria entre a ACI – TL, Sebrae e Prefeitura de Três Lagoas. “Vejo com bons olhos a realização desse evento; são milhares de pessoas participando, sendo auxiliadas, empresários sendo vistos e oferecendo produtos e serviços. E isso, claro, faz aumentar as expectativas do comércio. Outro ponto que precisamos destacar, é a presença do sebrae que tem trabalhado como grande parceiro da nossa cidade, realizando essas inspeções, por exemplo, possibilitando que as pessoas regularizem suas condições, nessas mais de 20 oficinas cadastradas aqui”, disse o prefeito.

O Sebrae esteve representado pela presidente Josi Signori, que comemorou a participação mais efetiva que a insituição teve nesta segunda edição do Liquida Mix. “Nessa segunda edição, viemos de uma forma mais robusta.Participamos dos estudos com a presidente Glaucia, participamos do planejamento junto a diretoria da associação, e entendemos que o evento precisava de um aporte maior, para que a estrutura fosse organizada de uma maneira mais proporcional, como, por exemplo, cedendo espaços para o setor gastronômico, além de realizar a vistoria veicular gratuita, por que faz parte do nosso projeto para o setor automotivo.Ou seja, com isso, conseguimos que mais empresas participassem do evento, além da contribuição ter sido menor para participarem do Liquida Mix.

O LOCAL

Quando o assunto foi relacionado ao local escolhido para a realização do evento, os três personagens foram enfáticos e comemorarm a possibilidade de ser no Pátio do Galpão da NOB. Para a presidente do Sebrae, Josi Signori “o espaço é melhor do que fazer na rua, tem mais segurança, o dia está bonito, então tudo isso colaborou para que o sucesso fosse garantido”.

Do mesmo pensamento compartilha a presidente da ACIT-TL, Glaucia Jaruche. “O local é perfeito para o evento. Estrategicamente escolhido pra atrair o consumidor de todos os bairros, todos eles precisam passar por aqui e claro, precisamos melhorar a estrutura, mas não está atrapalhando em nada”, ressaltou.

O prefeito Angelo Guerreiro disse que já está com conversas encaminhadas para que, uma parte do espaço, seja doada ao município, e então, com investimentos, transformar o lugar em uma espaço permanente para eventos.

Comentários