Apesar do delivery ter sido uma opção para salvar a praça de alimentação, apenas com a abertura das portas empresários viram os clientes de volta; há lojas, inclusive, que já contrataram mais funcionários

Ainda vivendo um período difícil em razão da pandemia de Covid-19, os lojistas do Shopping Três Lagoas, inaugurado em dezembro de 2019, começam a perceber o retorno dos clientes – e do faturamento.

A Praça de Alimentação do Shopping conseguiu sobreviver em razão do delivery, que nunca parou. Mas foi só após a flexibilização do decreto municipal, que possibilitou a reabertura das portas, que o cliente, de fato, começou a voltar.

Ainda há regras para acesso ao estabelecimento: todos de máscaras, limite de entrada de pessoas, proibição de maiores de 60 anos e de pessoas com doenças crônicas são algumas delas, assim como a aferição da temperatura de todos na hora de entrada. Mas, mesmo assim, adaptados ao “novo normal”, ao pouco as pessoas voltam ao Shopping.

De acordo com o Coordenador de Marketing do Shopping Três Lagoas, Junior Mohr, as previsões positivas animam novamente os lojistas que já estão medindo o aumento gradativo no fluxo e estipulando promoções especiais para o Dia dos Namorados, principalmente no setor alimentício do shopping.

Com a chegada do Dia dos Namorados, a Fecomércio MS divulgou uma pesquisa que estima movimentar cerca de R$100,61 milhões na economia do Mato Grosso do Sul. Com promoções, kits especiais e produtos temáticos, os lojistas do Shopping Três Lagoas pretendem visualizar um mercado mais aquecido que o esperado na data.

“Do pensamento que eu tinha de fechar por um colapso no meio da crise (redução de funcionários), já pude contratar mais 2 funcionários! Hoje tenho uma equipe muito boa com 16 colaboradores”, diz Luana Escaraber, proprietária do Jin Jin Comida Asiática.

Há, ainda, lojas sendo inauguradas, como a Passaletti, o Detran e O Boticário, que abriram no final do mês passado, A Cantina, que foi inaugurada ontem, e o Supermercado São Francisco, que deve abrir até o final deste mês.

João Caetano, proprietário da Lug’s Fast Gourmet, acredita que há grande chance de atingir um bom público consumidor nesse dia dos namorados, principalmente praça de alimentação. Sobre o retorno, o empresário diz que foi gradativo, mas melhor do que o imaginado. “Esperávamos no mínimo uns três meses para ter as vendas de hoje. Recuperar as perdas do período fechado vai demandar mais algum tempo, porém os custos estão equilibrados com a receita atual, o que já é ótimo neste período de crise”, finaliza ele.

Nesta quinta-feira, 11 – ponto facultativo de Corpus Christi – e na próxima segunda-feira, 15, o shopping funcionará normalmente das 11h às 22h e com todas as medidas de prevenção contra a Covid-19, para que todos possam aproveitar o espaço com segurança.

Comentários