18/11/2006 22h35 – Atualizado em 18/11/2006 22h35

O presidente Luis Inácio Lula da Silva lamentou não ter tido tempo de visitar Ramez Tebet em Mato Grosso do Sul. ‘Lamentavelmente eu, o presidente Sarney e o Renan, tínhamos marcado para vir visitá-lo na próxima segunda-feira. Quando ficamos sabendo que ele morreu, para nós foi muito triste’. Questionado sobre a atuação de Ramez no senado e na vida política Lula disse: ‘Quando eu tomei posse, foi ele quem me deu a posse e, no segundo dia de mandato, ele me procurou para se colocar à disposição. E eu penso que o Ramez Tebet representa um político daqueles que a gente pode dizer político com “P” maiúsculo, um homem que contribuiu com o país, um homem que pensava o futuro da nossa nação, um democrata e um homem que deixa um legado de contribuição a esse País’, disse Lula no velório. Lula disse que espera poder ‘lançar a pedra fundamental’ do projeto do senador de instalar uma fábrica de papel e celulose em Três Lagoas. ‘Se Deus quiser no mês de dezembro, estarei aqui com a Prefeita para a gente lançar a pedra fundamental. Era um sonho dele e eu acho que esse sonho vai se concretizar porque ele trabalhou muito para que saísse essa fábrica’.

Comentários