25/07/2017 09h40

O corpo do Pintor foi exumado para a obtenção de amostras biológicas, que serão comparadas as da suposta filha

Redação

A mãe da mulher que afirma ser filha do pintor Salvador Dalí, e que está em um processo judicial para ter a paternidade reconhecida, passou nesta terça-feira (25) por exames de DNA como parte das análises pedidas por um Tribunal de Madri. As informações são da Agência EFE.

Antonia Martínez, recebeu em Figueres, no Norte do país, a visita de uma comitiva para recolher amostras de saliva, de acordo com Pilar Abel, que entrou com o pedido para ser reconhecida como filha do artista surrealista, que morreu em 1989.

Na quinta-feira passada (20), o corpo do espanhol, que estava enterrado no Teatro-Museu Dalí, também em Figueres, foi exumado para a obtenção de amostras biológicas, que serão comparadas as da suposta filha. A Fundação Gala-Salvador Dalí, que administra o legado do pintor, manifestou no dia seguinte descontentamento e anunciou que tem o direito de adotar medidas legais contra a ação.

(*) Agência Brasil

Comentários