23/01/2012 14h16 – Atualizado em 23/01/2012 14h16

Benefício varia de R$ 930 a R$ 1.205 mil para 172 juízes e 30 magistrados. Impacto no orçamento do judiciário será de R$ 225 mil por mês, diz TJ-MS

G1 MS

Magistrados da Justiça estadual em Mato Grosso do Sul terão direito a receber 5% do subsídio a título de auxílio-alimentação. A medida foi publicada em resolução no Diário Oficial da Justiça na última sexta-feira (20), e se estende a 172 juízes e 30 desembargadores.

O valor do benefício varia entre R$ 930,50 e R$ 1.205,88, de acordo com a tabela de subsídios para membros da magistratura, referente a fevereiro de 2010. O auxílio não poderá ser tributado e nem incorporado ao subsídio dos magistrados. Segundo a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça (TJ-MS), o impacto no orçamento do judiciário será de R$ 225 mil por mês com os pagamentos.

A concessão do auxílio-alimentação segue uma decisão do Conselho Nacional de Justiça, proferida em junho de 2011, que determinou a simetria das vantagens funcionais entre integrantes da magistratura e do Ministério Público. Uma lei estadual promulgada em dezembro do ano passado também regula o benefício.

Comentários