27/02/2018 14h03

Campeã olímpica nos Jogos do Rio em 2016, Martine repete o feito do pai, Torben Grael

Redação

Martine Grael se tornou a primeira brasileira a vencer uma etapa da regata de Volta ao Mundo. Campeã olímpica nas Olimpíadas do Rio 2016, a atleta cruzou a linha de chegada, com o barco Team AzkoNobel, na manhã desta terça-feira. O percurso era de mais de 6 milhas entre Honk Kong e Auckland (Nova Zelândia). A disputa foi acirrada contra Sun Hunk Kai/Scallywag, que chegou em segundo colocado. Martine repete o feito do pai, Torben Grael, primeiro a conquistar uma vitória na competição para o Brasil.

O talento visto nas Olimpíadas do Rio se repetiu na Volvo Ocean Race. Em 2016, Martine venceu nos últimos metros, com uma ultrapassagem histórica e competindo na classe 49er FX, ao lado de Kahena Kunze, foi um dos destaques da competição. Agora, Martine também venceu no final, por apenas dois minutos de diferença para o segundo colocado.

Foi um clima muito tenso antes da chegada aqui na Nova Zelândia. Teve vento fraco e foi muito tenso nas últimas 24 horas. Agora é comemorar, descansar e preparar para a próxima perna – pontuou a atleta

O team AzkoNobel, com o resultado, deixou a sexta colocação e pulou para a quarta na classificação geral da Volvo Ocean Race. A equipe somou sete pontos mais um extra e tem ao todo 23 pontos. Quem lidera é o barco espanhol MAPFRE, com 39 pontos.

A próxima etapa da Volvo Ocean Race terá como destino final o Brasil. Os barcos partem de Auckland, no dia 18 de abril, rumo a Itajaí, em Santa Catarina. A etapa terá pontuação dobrada e desafios como os limites de gelo, ondas gigantes e ventos fortes. O primeiro barco que contornar o Cabo Horn, no Chile, terá pontuação extra.

(*) Terra

(Foto Reprodução)

Comentários