Após bater o recorde de casos no domingo, com 62 novos positivos, o Estado teve números altos, novamente, nesta segunda-feira: são 43 novos casos em 24h; número de contaminados no Estado pode dobrar em 10 dias.

Conforme já havia sido anunciado pela Secretaria de Saúde há vários dias, o Estado entrou em sua fase crítica de contaminação por coronavírus.

De acordo com a SES, a fase aguda da transmissão seria entre as semanas epidemiológicas 20ª e 25ª. Hoje é iniciada a 21ª semana epidemiológica.

Com os 62 casos confirmados ontem (domingo) e 43 novos casos confirmados hoje, o Estado chega a 613 pessoas já contaminadas. As cidades com mais casos confirmados nas últimas 24h foram Dourados, com 18 novos casos, Campo Grande, com seis, Três Lagoas e Douradina, com três cada.

O aumento exponencial dos casos de infecção por coronavírus em Mato Grosso do Sul preocupa as autoridades de saúde. No cálculo de médicos e especialistas, o número de contaminados no Estado pode dobrar em 10 dias.

Dos 43 casos registrados entre ontem e hoje apenas uma pessoa está internada: um senhor de Coxim, com 99 anos. Todos os outros cumprem isolamento domiciliar.

Duzentas e dezessete pessoas passaram o período de quarentena e não apresentam mais sintomas, podendo ser consideradas recuperadas. Dezesseis pessoas morreram em decorrência da Covid-19 no Estado, sendo a última uma mulher de 70 anos, moradora de Brasilândia, que faleceu na noite de ontem, em Três Lagoas.

Comentários