05/01/2013 08h24 – Atualizado em 05/01/2013 08h24

Da Redação

O Ministério da Agricultura confirmou ter recebido dos governos do Peru e do Líbano, no fim da tarde de ontem, um informe oficial sobre a decisão de suspender as importações de carne bovina brasileira. Os dois países anunciaram a medida restritiva temendo a contaminação do produto nacional com o mal da vaca louca.

Ao todo, já são dez os países que suspenderam as compras de carne brasileira. Japão, África do Sul, Coreia do Sul, Taiwan e China não importarão qualquer produto brasileiro, seja animal vivo ou congelado.

O Peru também decidiu não comprar a carne bovina vinda de qualquer Estado brasileiro, mas a medida, inicialmente, vale por um prazo de 90 dias. O período servirá para que se prove que não há riscos neste consumo.

Jordânia e Líbano aplicaram a restrição apenas para a carne vinda do Paraná. A Arábia Saudita informou ontem ao governo brasileiro que vai retomar a importação de animais vivos, mas apenas os que vierem do Pará, um dos principais Estados produtores. Peças congeladas e animais vivos dos demais Estados seguem banidos. Já o Chile limitou apenas a importação de farelos de osso e de carne.

(*) Com informações do Correio do Estado

Comentários