22/10/2015 10h44 – Atualizado em 22/10/2015 10h44

Obras bilionárias criam perspectivas positivas para comércio de Três Lagoas

Por conta da esperança de geração empregos no município, empresários de Três Lagoas estão otimistas que suas vendas aumentem nos próximos meses

Lucas Gustavo

É grande a expectativa de empresários e comerciantes de Três Lagoas para que seus negócios avancem por intermédio da construção da segunda linha de produção de celulose das empresas Eldorado e Fibria no município. As obras, juntas, contam com um investimento que ultrapassa os R$ 15 bilhões.

No momento, os serviços executados no canteiro da Eldorado são os de terraplanagem e infraestrutura. Os trabalhos estão a cargo da terceirizada Contern. A empreiteira informou que, nos próximos meses, mais funcionários serão contratados para auxiliarem nos serviços.

PEDRA FUNDAMENTAL

As obras da mais nova unidade de produção de celulose da Fibria, em Três Lagoas, estão avaliadas em 7,7 bilhões. Além disso, a construção deve impulsionar a economia do município e de todo o Estado. Pelo menos 8 mil empregos serão gerados durante o desenvolvimento do projeto, denominado Horizonte 2. A pedra fundamental será lançada na semana que vem com a presença da presidente do Brasil Dilma Vana Rousseff (PT).

A reportagem do Perfil News ouviu empreendedores locais dos segmentos varejista, hoteleiro e gastronômico. Eles foram unânimes ao dizer que estão otimistas para que suas vendas aumentem nos próximos dias e meses. Os entrevistados consideram que as novas oportunidades de emprego ofertadas pelas empresas devem impulsionar a economia do município.

‘’Estamos confiantes de que a clientela cresça daqui para frente. Aguardávamos há muito tempo por esse momento. As obras farão com que o fluxo financeiro gire e beneficie toda a população’’, afirmou Alan de Lima, coordenador da Pernambucanas de Três Lagoas.

NOVAS VAGAS

Alisson Neto, sub-gerente no Magazine Luiza, também anseia que as vendas do estabelecimento sejam impulsionadas. Esperançoso, ele antecipa que novas vagas para vendedores serão abertas caso a proporção de fregueses evolua. ‘’Com os moradores empregados, haverá uma rotatividade nas compras do comércio em geral; isso é ótimo, pois a competição será maior, o que, consequentemente, acarretará em preços mais acessíveis à população’’, disse.

PROCURA

Desde que a obra da Eldorado Brasil foi iniciada, a procura pelos serviços oferecidos pelo hotel OT já progrediu. A revelação é da coordenadora do empreendimento, Claudia Benette. ‘’Aos poucos, os resultados estão chegando. Nossas expectativas de avanço são as melhores e, creio eu, que iremos alcançá-las’’, acrescentou ela.

Outra que está confiante no sucesso de seu estabelecimento é a proprietária do Hotel Portal do Mato. A empresária conta que já se prepara para a chegada de novos hóspedes. ‘’Devido a crise financeira enfrentada por todo o País, até os vendedores viajantes desapareceram e os negócios se agravaram. Mas tenho convicção de que a situação irá melhorar em 100% por meio dessas construções’’, pontuou.

ENTUSIASMO

O proprietário do restaurante Primavera, Venusino de Almeida Giolando, não esconde o entusiasmo ao falar sobre o que espera para os próximos meses. Ele confessa que já faz planos de investimentos em seus estabelecimentos, crendo que as vendas irão expandir. ‘’Nunca perdi a fé em relação ao desenvolvimento de Três Lagoas. Estou muito feliz, pois sei que um novo tempo de conquistas é chegado para todos nós comerciantes’’, destacou.

A gerente do restaurante Fogão Mineiro, Simone Ramos, comentou que aguarda que o triunfo vivenciado no passado pelas empresas se repita agora. ‘’Há cinco anos o cenário foi favorável aos comerciantes. A expectativa é que o quadro se reverta e todos sejam beneficiados novamente’’, declarou.

A Eldorado Brasil já contratou mais de 300 trabalhadores que estão atuando na terraplanagem da segunda linha de produção da fábrica que vai dobrar a capacidade e gerar mais de 10 mil empregos diretos durante a construção (Foto: Patrícia Miranda)

Investimento bilionário em Três Lagoas faz comerciantes almejarem fase de conquistas após a cidade passar por duas crises econômicas (Foto: Marcelo Rodrigues)

Projeto Horizonte 2 da Fibria vai investir R$ 7.7 bilhões na construção da segunda linha de produção da fábrica que deverá empregar mais de 10 mil trabalhadores na obra (Foto: Divulgação)

Comércio local passa por dificuldades devido a retração nas vendas, porém a expectativas de aquecimento são positivas (Foto: Tamyres Tattye)

O empresário , Venusino de Almeida Giolando, que tem dois restaurante na cidade não esconde o entusiasmo ao falar sobre o que espera para os próximos meses (Foto: Ricardo Ojeda)

Consumidores optam por verificar preços pesquisando em várias lojas para efetuar a compra (Foto: Tamyres Tattye)

Comentários