19/09/2017 08h41

Para todos

Pré-candidato à reeleição, Reinaldo Azambuja (PSDB) tem dado atenção para todos os municípios do Estado, independente se o prefeito é correligionário ou adversário político. Ontem, em Água Clara, afirmou que seu governo não administra para partidos políticos, mas, sim, para as pessoas, para o cidadão.

Soberania

Reinaldo lembrou que o atual prefeito de Água Clara, Edvaldo Alves de Queiróz, o Tupete, foi adversário do PSDB na última eleição, mas hoje tem o governo do Estado como parceiro. “A escolha da população é soberana e, passada a eleição, a gente tem que olhar é a cidade, esquecer a questão partidária e pensar que Água Clara precisa de investimentos. É o que estamos construindo em todo o Estado”, colocou.

Boa causa

Médico, o senador Moka (PMDB-MS) defende o projeto que amplia o acesso das mulheres aos exames e ao tratamento do câncer de mama e de útero, cuja matéria deve ser analisada pela Comissão de Assuntos Sociais nesta quarta (20). O texto determina que o SUS (Sistema Único de Saúde) crie estratégias para facilitar o diagnóstico e permitir o tratamento da doença.

Batente

Relatada por Marun (PMDB-MS), afinadíssimo com o governo Temer, a Comissão Parlamentar Mista de Inquérito tem na pauta de quarta 141 requerimentos para serem analisados. Criado para investigar as atividades do grupo JBS, o colegiado tem, entre os pedidos, a convocação dos irmãos Joesley e Wesley Batista, donos da empresa J&F e responsáveis pela delação premiada que envolveu Temer e tentou melar a vida de muita gente boa por aqui em MS.

Ah! eu tô maluco

A Comissão de Direitos Humanos do Senado aprovou requerimento de audiência pública para discutir a descriminalização do cultivo da maconha para uso pessoal. A intenção é ouvir as opiniões de quem é contra e a favor de os usuários plantarem a própria cannabis, como sugeriram os internautas por meio do e-Cidadania. O senador Sérgio Petecão (PSD-AC) é o relator da matéria polêmica.

Comentários