10/02/2012 13h34 – Atualizado em 10/02/2012 13h34

O projeto teve início em setembro de 2011 com o objetivo de promover a integração cultural e social de pessoas em situação especial beneficiando aproximadamente 800 pessoas

Assessoria de Comunicação

O Departamento Municipal de Cultura realizou na manhã desta quarta-feira (8), uma reunião com os representantes das entidades beneficiadas pelo projeto “Ação, Cultura e Convívio” (PACC).

O projeto teve início em setembro de 2011 com o objetivo de promover a integração cultural e social de pessoas em situação especial beneficiando aproximadamente 800 pessoas. As primeiras entidades que receberam as apresentações artísticas e culturais foram Apae, Presídio Feminino, Presídio de Segurança Média Masculino e o Lar dos Velhos. Considerando a ótima receptividade, outras entidades também aderiram ao projeto, entre elas, o Semi Aberto Masculino que recebe a exibição de filmes, apresentações musicais e passa a receber também o curso de flauta.

Segundo os diretores e representantes das entidades já beneficiadas pelo projeto, ainda é cedo para identificar resultados individuais específicos na mudança de comportamento, mas, indiscutívelmente, as atividades desenvolvidas contribuem positivamente para melhorar a convivência entre as pessoas e o bem estar coletivo. “A repercussão junto à massa carcerária é excelente, tanto que temos uma lista de espera de 100 detentos para os cursos de violão e acordeom. Os critérios de seleção são baseados no maior tempo dentro da unidade e bom comportamento. Cinquenta detentos recebem os cursos e o índice de desistência é baixíssimo”, informou o diretor do Presídio de Segurança Média, Claudiomar Suszek.

Também participaram da reunião os representantes Clayton Barcelos, da Colônia Penal; Carlos Sobrinho e Claudiomar Suszek, do Presídio de Segurança Média Masculino; Eny Regina Rodrigues, da Apae; Marcela Dias Maio, diretora do Presídio Feminino; Leonice Guarini, do Semi Aberto Feminino; Marcio Moreira, do Desafio Jovem Peniel e funcionários do Departamento Municipal de Cultura.

NOVIDADES

A Diretora do Departamento de Cultura, Vickie Vituri disse que “nesta nova fase, definimos junto aos parceiros a periodicidade conveniente para cada um e, atendendo solicitações, passamos a oferecer novos cursos: Street Dance, no Presídio Feminino e Desenho Artístico, no Presídio Masculino.

Estendemos nosso Projeto PACC a mais duas instituições, o Semi Aberto Feminino e o LAR DA PAZ, do Desafio Jovem Peniel, que estarão recebendo respectivamente, os cursos de desenho artístico, violão e flauta.” Ainda segundo a diretora de Cultura, existem planos para em breve o PACC atender mais instituições como Hospitais e o Abrigo Poço de Jacó.
Além dos cursos e apresentações artísticas, serão exibidos filmes em todas as entidades parceiras. Alguns parceiros receberão shows artísticos mensalmente, outros, bimestralmente.

A prefeita Márcia Moura afirma que “nosso objetivo é levar educação, cultura e inserção social a todos que, por diversos motivos, se encontram marginalizados do processo social. O ‘Ação, Cultura e Convívio’ é um ato de integração e cidadania e, por meio de atividades sublimes como a música e as artes, contribui para a formação de uma sociedade mais digna a humana”.

O Departamento Municipal de Cultura realizou na manhã desta quarta-feira (8), uma reunião com os representantes das entidades beneficiadas pelo projeto “Ação, Cultura e Convívio” (PACC)
Foto: Assessoria

Comentários