26/06/2014 09h24 – Atualizado em 26/06/2014 09h24

Esta quinta edição do evento deverá contar com a participação de 150 profissionais da pesca, que devem recolher quase duas toneladas de materiais despejados nas águas do “Paranazão”

Léo Lima com informações

A quinta edição de evento que diverte a comunidade e ao mesmo tempo educa e conscientiza, principalmente, as crianças em idade escolar, vai acontecer nesta sexta-feira (27), a partir das 8 horas e término próximo do meio dia, na região do Jupiá. Trata-se da Gincana de Limpeza do rio Paraná, que este ano deve contar com a participação de 150 pescadores profissionais ligados à Colônia de Pesca Z-03, organizadora do evento.

Neste ano, a gincana conta apoio da Universidade Federal do Paraná por meio do Instituto Tecnológico de Transportes e Infraestrutura (UFPR/ITTI) e da Construtora A.Gaspar, responsável pela obra da ponte que liga os estados de Mato Grosso do Sul e São Paulo.

Os participantes serão divididos em equipes e percorrerão o rio para recolher o lixo. A premiação para a equipe que coletar mais entulhos será às 18 horas, no Porto de Areia Jupiá.

Na última edição os pescadores recolheram cerca de 1.600 kg de materiais, entre eles garrafas, pneus, eletrodomésticos, sofás e sacos plásticos. Para este ano, a expectativa é de que esse volume recolhido seja ainda maior.

PARCERIA

O Projeto G-Pontes é uma parceria do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) com a Universidade Federal do Paraná (UFPR) por meio do Instituto Tecnológico de Transportes e Infraestrutura (ITTI) para a Gestão Ambiental de obras de implantação de pontes em rodovias federais e tem o objetivo de cumprir as condicionantes para a emissão e/ou manutenção das licenças requeridas por órgãos ambientais.

Atualmente, a UFPR/ITTI supervisiona a construção da Ponte sobre o Rio Paraná, na BR-262, entre os estados de Mato Grosso do Sul e São Paulo. (Com Assecom ITTI)


No ano passado, foram recolhidos mais de 1,6 tonelada de materiais inservíveis jogados no rio Paraná (Foto: Youtube)


Comentários