10/05/2018 09h29

Presidente da Fiems afirma que PIB deve fechar o ano em R$ 19,4 bilhões

Redação

Com expectativa de crescimento de cerca de R$ 1,1 bilhão do Produto Interno Bruto (PIB) Industrial neste ano, indústrias vêm se consolidando no Estado. Presidente da Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul (Fiems), Sérgio Longen, afirmou hoje, durante lançamento do Mês da Indústria, que os números apontam que a “recessão ficou para trás”.

Conforme Longen, o PIB Industrial atingiu R$ 18,3 bilhões no ano passado e, para este ano, deve chegar a R$ 19,4 bilhões. Já para 2019 o montante previsto é de R$ 20,8 bilhões.

“Crescimento nominal médio de 2010 a 2014 foi de 9,7% ao ano e de 2015 a 2019 está estimado com um crescimento nominal médio de 4,9% ao ano”, afirmou Longen. Ainda segundo ele, número de indústrias encerrou 2017 em 6.032 e para este ano deve aumentar para 6.201, empregando 121.500 trabalhadores.

Conforme a Fiems, o PIB de Mato Grosso do Sul deve apresentar crescimento nominal médio de 4,3% ao ano, entre 2015 e 2019. Em 2017, o PIB do Estado chegou a R$ 93,2 bilhões e para este ano deve atingir R$ 97,5 bilhões, enquanto para o próximo ano previsão é de que alcance R$ 102,5 bilhões.

“Hoje, a indústria responde por 22% ou R$ 16,4 bilhões, sendo o segundo maior, perdendo apenas para o setor de serviços e comércio, que responde por 41% ou R$ 30,7 bilhões”, acrescentou o presidente da Fiems.

Quanto as exporações de produtos industrializados, que respondem, atualmente, por 64 de todas as exportações do Estado, expectativa é fechar o ano em US$ 3,51 bilhões, que representa crescimento nominal estimado de 15%. Destaque é para a celulose, que deve responder por metade das exportações industriais.

“Não estamos crescendo da forma como gostaríamos ainda, mas esses números demonstram uma recuperação significativa”, finalizou Longen.

(*) Correio do Estado

Indústria vêm se consolidando no Estado a cada ano, segundo Fiems - Foto: Divulgação

Comentários